Supresa de Outono

“Qualquer bebida, contanto que seja quente…”
Você me pede então bocejando dominada pela preguiça enquanto muda os canais da TV.
Com uma certa dificuldade no caminhar ocasionada pela não combinação de “Meias + Chinelos” vou até a cozinha preparar algo.
Optei por um chocolate quente, achei mais apropriado pro frio que está fazendo.
“Amoor, vem correndo ver esse esse trailer!” Te ouço me gritar lá da sala e eu saio em disparada deixando cair achocolatado no chão. Combinamos de ser o próximo filme que assistiremos no cinema! Dei um beijo em sua testa e voltei pra cozinha, agora além de preparar algo quente e gostoso ainda preciso limpar a sujeira que fiz. “Você só me apronta” resmungo com carinho solitário.

Leite, achocolatado, 1:15 de aquecimento no microondas e a sua caneca de sempre.
Eu, dessa vez optei pelo chá. Depois de encher as canecas, tendo o cuidado de medir a temperatura pra que não queimasse seus dedos, peguei um bandeja e voltei pra sala com a mesma dificuldade com as meias. Quando cheguei percebi que tinha adormecido.
Coloquei a bandeja na mesinha de centro e me deitei rapidamente ao seu lado. Cobri as partes que teu corpo reclamava de frio. Não queria te acordar. Em direção a TV vi a fumaça do seu chocolate quente e do meu chá. Fumaças que se entrelaçavam.
Então você despertou. Resmungando, mas despertou!
Te lembrei que eu tinha ido preparar algo pra gente, como você havia pedido, mas quando voltei você tinha dormido.
Subitamente e sem resposta, puxou pela camiseta pra perto de você. De lado me abraçou, repousou a cabeça em meu ombro, respirou e me apertou mais forte. Eu estava meio assustado, não sabia se estava sonolenta ou completamente embriaga pelo sono, rs. Até que…

“Eu vi pela sua sombra você vindo da cozinha segurando essa bandeja. Vi as duas canecas, a fumacinha e a sua dificuldade de andar de chinelo com meias. Em uma fração de segundo me perguntei se eu merecia tudo isso que faz por mim, se eu estava retribuindo da maneira certa, se você se sentia realmente feliz comigo. E a conclusão foi que eu vou fazer mais por nós dois. Por favor, não diz nada, só ouve. Eu quero fazer mais! Eu quero ser menos irritante, mandona e quero ser mais paciente. Você faz tudo que eu quero e já me disse mil vezes que não espera nada em troca da minha parte. No entanto, eu quero fazer algo. E eu vou fazer tudo que estiver ao meu alcance pra um dia te dar a certeza de que eu não consigo seguir com a minha vida sem a sua, ok? Agora pega ali meu chocolate que já está esfriando…”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s