Sem Essa De “Oi, Você Vem Sempre Aqui?”

É, eu não sei dançar.
Admiro muito as pessoas que vão pra pista de dança sem vergonha e dançam qualquer música. Tudo bem que tem alguns que visivelmente detém o domínio do que está fazendo, outros que dão uma enganada e tem os que se equilibram com o copo na mão. Mas de certa maneira, todos dançam, cada um do teu jeito.
Mesmo sem aptidão nenhuma pra encarar uma pista de dança, resolvi aceitar o convite dos meus amigos e encarar uma “balada frenética” (assim que é legal dizer, né? Vi num seriado da TV!) hoje. Sexta-feira, o clima é outro, as pessoas estão felizes e lá fui eu me permitir me divertir.
Chegamos na entrada da tal balada e confesso que até que gostei. Pessoas bonitas, casais e galera de amigos. Ambiente amistoso (é muito brega falar amistoso?), eu não sei gírias da noite. Voltando, entramos na balada e já estava bem cheio. Fomos ao bar e eu peguei uma cerveja. Meus amigos pegaram três cada. Quando me dei conta, estava sozinho, eles saíram cada um pra um canto, muito provavelmente “à caça das minas” como já anunciavam na fila. Sem problemas, fiquei na minha, enconstei numa viga e comecei a observar o movimento. Vale salientar, foi a maior quantidade de garotas bonitas por m² que vi nos últimos meses. Estava gostando.
Entre um gole e outro, música muito alta, pessoas pra lá e pra cá, vi dois dos meus amigos se atracando com garotas num canto escuro. Mais do que óbviamente, não me caberia falar um A com eles. Eu gosto muito do meu pescoço pra ser cortado e tenho um bom senso interessante. Continuei investigando o ambiente mas decidi dar uma volta. Em certos momentos mexia meu corpo mais que o normal na tentativa de não ser um estranho no meio de tantas pessoas dançantes. Eu não sei dançar. Me vi no meio da pista sem ter como sair de lá. As pessoas cantavam gritando os refrões das músicas que o DJ tocava. Eu mexia minha boca pra acompanhar tudo.
Decidi que era hora de sair daquele furacão e ir me acalmar.
Foi então que percebi que além de não saber dançar, muito menos sei caminhar numa balada com aquele mar de gente. Acabei me trombando com uma garota e a molhei inteira com a minha cerveja. “Pelo amor de Deus moça, me desculpa, como eu sou otário, eu não te vi, desculpa por favor” ajoelhei verbalmente. Se ela falou algo concreto eu não sei, mas pela leitura labial eu pude traduzir a reação dela em: “HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHA”. Não entendi. Comecei a repetir a frase até que ela me interrompeu com o dedo indicador em minha boca e com a outra mão puxou minha camisa me levando pra perto dela. “É, então, hehe, música muito alta, não dá pra ouvir direito né, mas então, me descul..” Beijo. Ela me beijou! Daria o mundo pra ver a minha cara naquele momento. Fim do beijo. “HAHA, para de ser bobo, isso é normal em balada, todo mundo com copo na mão, você aparenta não costumar sair muito né?” Pensei se ela tinha falado isso pelo fato de eu estar com uma camiseta POLO no núcleo de uma pista de dança em uma balada pra jovens na faixa de idade de 20 a 30 anos. Odiei ter acatado a opinião da minha mãe horas atrás. “É então, não, não costumo vir em balada não, mas me desculpa, sou desastrado, de jeito nenhum eu te vi” Eu respondi uma coisa mas estava pensando em outra. Me ocorreu a ideia de em novas oportunidades sair despejando cerveja nas mulheres na pista de dança, dado a minha experiência recente, as chances de eu conseguir alguns beijos esporádicos seria grande. Ela nem sabia meu nome. “Qual seu nome?” Ela perguntou meu nome me puxando pra fora da pista. A cerveja que despejei nela escorria pelo braço alcançando as mãos, e as minhas mãos inclusive, já que eu estava sendo puxado por ela. “Ah, meu no…”. “Eu estava te vendo desde a entrada, sabia? Te vi lá meio deslocado com seus amigos na porta, aliás, eles são divertidos, só não achei elegante a hora que eles falaram algo de “caçar umas minas”, mas deixei pra lá. Vi vocês entrando, você pegando a cerveja e ficando encostado na viga. Eu vim com minhas amigas, e nossa, hahahha, se você olhar discretamente pra direita vai ver que coincidentemente elas gostaram de conhecer seus amigos… Mas é isso. Adorei teu jeito todo tímido sem saber o que fazer. E olha, devo falar que o lance de cerveja cair em mim foi culpa minha. Quando te vi dentro da pista, fui pra lá pra te encontrar propositalmente. Só não contava com a ideia de me molhar toda naquele momento, hahaha. Eu falo muito, né? Sei, lá gostei de você.” Outro beijo.
Será que se eu derrubar cerveja em mulheres em outros ambientes também terei sucesso? Eu só pensava nessa tática, afinal, o que menos existia naquela situação toda era alguma razão. Ela me interrompeu justo na hora que eu ia falar meu nome. Eu não sabia muito o que falar também. O fato é que era ela surrealmente linda, cabelos bem lavados, usava um vestido preto e uma sapatilha com lacinho na ponta. Ah, tinha também uma bolsa de lado com o cordão que simulava ouro mas era bijouteria. Sou observador.
Fim do beijo. Começo da loucura na minha cabeça. “Então, meu nome é J…”. “Jim, teu nome é Jim, eu sei”. “O QUÊ? Como você sabe?” Me apavorei com isso, além de ter ficado frustrado por ela me interromper denovo! “Lembra da fila na porta? Eu estava perto de vocês, daí quando foi minha vez de dizer o nome na lista, perguntei pro hostess te apontando qual era o teu nome, aí ele ma falou, hihi”.
Choque. Fiquei em choque e me mutilei por dentro procurando um motivo pra eu nunca ter vindo numa balada dessas antes! Novo beijo. Aí fui eu que dei o próximo passo. Ouvi uma dezena de risadas e gritos sincronizados. Fim do beijo. Eram nossos amigos, os meus e as dela, vibrando de longe com a cena.
Olha, confesso demorei horas pra saber o nome dela por motivos óbvios, mas lembro, entre outras coisas, que ela gosta de cachorros brancos, já quebrou o dente e estuda pra ser médica.
Hoje vamos visitar uma feira de adoção de cães.

Anúncios

4 respostas em “Sem Essa De “Oi, Você Vem Sempre Aqui?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s