“Mas Estou Horrível Em Todas, Certeza”

Meus pedidos foram atendidos!
Eu adoro, mas hoje eu não queria um dia de Sol.
Tenho planos pra nós pra dias de chuva como hoje. Dos filmes no DVD até o STOP de papel que tanto gostamos. Espero que aceite minha sugestão quando eu chegar na sua casa. Não é nada inovador, nada que já não fizemos antes, mas hoje tem um motivo especial, espero que goste.
E a verdade também é que podemos fazer a mesma coisa todos os dias de maneiras diferentes.
Espero que ainda esteja dormindo quando eu chegar na sua casa.

Um ônibus, uma hora de viagem e cheguei.
Toco a campainha, sua mãe vem me abrir o portão.
“Eu vou bem e a Sra.?”
Tua mãe me diz que está dormindo (consegui!) e eu peço então pra te fazer uma surpresa. Ela deixa.
Entro no seu quarto com a luz do celular pra me guiar. O silêncio é tamanho que ouço a tua respiração sob a montanha de edredon. Puxo a cadeira e deixo a mochila por perto.

Resolvi ficar te vendo dormir e até tampei meu nariz pra você não ouvir a minha respiração. Você dorme tão lindamente. Faz algumas caretas, torce a boca e o nariz e ás vezes até ri, haha! É engraçado! Mas pelo menos significa que está feliz, sonhando com algo bom.
Meia hora se passa e sua mãe abre a porta delicadamente perguntando se queremos comer algo, mas se assusta ao ver que você ainda nem acordou. Envergonhada, coloca a mão na boca se autosilenciando e sai do quarto.
Apesar do tempo chuvoso, muitos feichos de luz invadem tua janela facilitando a minha observação de você. Fiquei com dó de te acordar propositalmente, por isso decidi te esperar acordar por conta própria, e pra minha surpresa, não demorou nada.

Então você desperta e me olha!
Faz uma cara de susto tão grande e coça os olhos tentando entender o que está acontecendo!
“O que você tá fazendo aqui, meu?” Me pergunta com a tua delicadeza de sempre.
“HAHA, sei lá, quis te ver acordar, gosto da beleza do teu ‘bom dia'”, me justifico.
Continuou deitada e virou de lado pra mim.
“Onde a gente vai hoje?” me perguntou.
“Então, pensei em ficarmos aqui na sua casa mesmo, trouxe umas coisas pra gente comer e uns filmes legais pra assistir, o que acha?”
Não pareceu muito contente com a ideia, você adora sair e passear com algumas das suas dezenas de sapatilhas.
“Mas eu queria sair, pensei em ir ao shopping comprar uma sapatilha!”
Outra sapatilha.
Eu rio não acreditando que pretendia comprar realmente outra sapatilha.
“Eu fui ontem ao shopping!” revelo. “Como assim foi ontem? Você não foi pra aula?” Porque mentiu pra mim?” me ataca.
“Calma! Eu fui! Mas saí mais cedo, e aproveitei pra passar no shopping rapidinho.”
Você ficou enfurecida e virou de costas pra mim, reclamando que não avisei nada, que eu sabia que você queria ir e finalizando que é melhor eu ir embora porque você não quer fazer nada hoje. Mesmo desacreditando que estava brigando comigo por isso, pego minha mochila, uma sacola e um embrulho.
E você, ainda com raiva mas muito curiosa, vira de frente pra mim denovo ainda reclamando.

SILÊNCIO.

Eu ri e você se chocou.

“Foi pra isso que eu fui no shopping ontem.
Feliz 127 dias de namoro. É isso, a gente já está juntos a um tempinho né. Resolvi eternizar todos os nossos momentos até aqui, e nada melhor do que em fotografias, onde passe o tempo que for, aqui nessas nossas 124 fotos está eternizado como a gente tem sido feliz até aqui. Tem foto da gente dentro do cinema, comprando sorvete e no dia da praia. Espero que goste! Na verdade eu encomendei esse álbum a um tempinho atrás, mas só ontem ficou pronto e por isso que fui ao shopping, hehe”

Eu tinha que filmar a tua reação. Você adora fotos!

“Não acredito que você fez isso, sério! HAHAH, como você é bobo! Adorei, mas eu tô horrível em todas, certeza!”

Levantou da cama, sentou no meu colo na cadeira e me abraçou com cheiro de cama-dormida. Me deu um “Obrigado, você me irrita ás vezes, mas é a pessoa que eu mais amo no mundo!” e um beijo com bafinho de “bom dia”.

Não me retribuiu o “Feliz 127 dias de namoro” mas tudo bem, nem esperava isso, você é assim, eu gosto do teu jeito particular de ficar feliz e de me agradecer.

Podemos fazer a mesma coisa todos os dias de maneiras diferentes. Podemos eternizar os mesmos momentos cada dia de uma maneira diferente. Podemos tudo, mas antes, precisamos querer.

Clique em “Início” para CURTIR a página do Um Travesseiro Para Dois no Facebook

Anúncios

2 respostas em ““Mas Estou Horrível Em Todas, Certeza”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s