Aprendendo A Ver Felicidade Em Comer Pipoca Sozinho

Estou com saudade de algo que nunca tive.
Tenho sido invadido por uma vontade tão grande de viver coisas novas, pessoas novas, lugares e comidas novos, viagens, risadas, tudo, mas eu paro nos sonhos e com isso tento me preencher.
Tento.
Tem pessoas que aparecem na minha vida pra efeito de aventuras, nada além disso. Mas eu cansei disso. Cansei dos beijos noite a dentro com quem eu não sei quem é, cansei dos “vamos sair hoje?” com o único objetivo de me usar como vitrine por aí. Se a vida for real, eu quero ser real.

Quero a dúvida de qual filme assistir e não de qual roupa vou usar na balada.

Ás vezes, porém, eu me acho seletivo demais.
Ninguém é o bastante pra mim. Mas não é bem isso, é que as pessoas fazem questão de serem medíocres, serem mais uma.

Odeio o óbvio.

No convite pra sair, a resposta “sim” tem um peso pra mim e outro pra outra pessoa.
Eu vejo como um dia novo, especial, momentos legais, e tem pessoas que veem como mais um pra lista, vamos ver até onde isso vai parar. Tipo com planos sabe?

Odeio planos.

É pedir muito se esforçar pra surpreender um pouco? Pra passar da linha da “média”?
A gente já vive um mundo tão rotineiro e previsível que eu acho muito injusto fazer a minha vida ser assim. Não gosto de pessoas que se comportam de forma medíocre.

Nem sempre eu quero um “rolê” no shopping, talvez eu queira um dia no parque fazendo nada.
Nós somos totalmente responsáveis pela nossa felicidade, e não a encontramos nas vitrines ou embalagens caras, mas na forma que somos olhados, na forma que vivemos o AGORA.

Não quero ser feliz amanhã se ainda tenho o hoje pra viver.

Mas sem problemas também, eu reclamo demais e faço de menos. Vou dar um rumo nessa badtrip toda, no fim, é sempre eu comigo mesmo, né?
É muita reclamação pra pouca atitude, muito desespero de solidão pra pouca iniciative em mudar tudo. Então eu vou mudar.
Vou mudar por mim.
Sem planos, sem sequer fazer ideia de como vai ser a próxima hora do meu dia, vou correr pra agilizar algo agora.
Hoje está nublado, mas eu aprendi a ver as coisas de outras formas, e então, também vejo romance nos dias cinzas.
Nem que esse romance seja comigo mesmo. Mas vejo.

Anúncios

12 respostas em “Aprendendo A Ver Felicidade Em Comer Pipoca Sozinho

  1. Sensacional, lindo realístico .. até pensei em algum momento ter sido eu à escrever.

    E essa frase hoje me faz um efeito novo: Não quero ser feliz amanhã se ainda tenho o hoje pra viver.

  2. sensacional o texto, retrata minha fase atual, alias o post no casal sem vergonha me mostra que eu estou certa em renovar meu guarda-roupa, rs.. irei acompanhar seus posts por aquii..=)

  3. Sensacional, texto lindo!
    Traduziu em palavras grande parte dos meus últimos pensamentos.

    É tão bom ter a certeza de que não sou só eu pensando assim.

    Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s