Quase Morri Mas Valeu A Pena

Nunca esperei tanto por uma dia na minha vida como esperei que chegasse o Hoje.
Não me pergunte porquê, mas estou muito nervoso – apesar do motivo ser óbvio, otimista também, mas muito mais nervoso. Não sei se vou conseguir passar uma boa impressão, é difícil prever.
Mas o que importa é que será importante pra nós, a gente precisa de mais espaço pra podermos dar maiores passos na nossa história e eu faço questão de viver este capítulo. Ok, tudo bem que se fosse possível acordar com tudo já resolvido, eu escolheria essa opção, hehe.

Pra gente dar novos passos precisamos lembrar dos que já demos.

Mesmo com relativa pouca idade eu já aprendi tanta coisa nessa minha vida, sabe? Aprendi especialmente a respeitar as pessoas e o jeito particular de cada uma delas. A gente não pode prever reações, a gente tem que encarar. E isso de hoje vai ser só um detalhe das nossas vidas. Um dia vamos rir da lembrança!

Estou bem? Essa roupa tá legal? Quero sinceridade!
Odeio ficar nervoso desse jeito, minhas mãos transpiram demais e fico com receio das minha axilas fazerem o mesmo, algo que causaria bastante constrangimento por minha parte.
Por que eu não paro de falar?
Como você está? Nervosa também? Dormiu bem a noite? Se eu te falar que fiquei treinando no espelho do banheiro você acredita? Com eu sou infantil, né? Por que eu faço tantas perguntas?

“Oi filha, está em casa?”

Pronto, chegou a hora, sem mais demora, sem roteiro. Mãos suando, coração mais acelerado do que a primeira vez que te vi. EITA, mas não brigue comigo, haha, é outro tipo de nervosismo. Quando se soma, ansiedade, nervosismo, felicidade e muito mais ansiedade a gente fica doido. Se eu passar ileso hoje posso ter certeza que meu coração está em ótimo estado!

“Ah, você está aí, me dê um beijo! E, olá garoto, como vai?”

“O-o-oi, eu estou bem e o Se-e-e-e-enhor?

“Hm, bem, parece nervoso, está tudo bem mesmo?”

Acho que a minha mão está pingando de tanto suór, só espero que ele não perceba!

“É-é-é-é, está sim sr. Bom, eu preciso conversar com o sr., tem 1 minuto?”

“Hmm, entendi, ok, pois não, podemos conversar, sente-se. Filha, fiquei aí, não tem problema.”

“Bom, então ok, vou começar.
Antes de qualquer coisa, eu queria que o sr. lembrasse comigo, sem precisar me falar nada, do seu namoro com a sua esposa. Queria que lembrasse dos detalhes, de todo o início, os passeios, tudo.

“Não estou entendendo nada, está brincando com a minha cara?”

“Ai caramba, não é isso, bom, chega, vou falar de uma vez. Acontece que eu amo a sua filha. Ela me disse ter tido outras relações com outros garotos e o que o sr. não aprovava muito, sei dos detalhes, mas eu queria te garantir que ninguém nesse mundo vai gostar mais da sua filha do que eu, pode ser que alguém goste igual, mas MAIS do que eu, nunca! E é sobre isso que quero falar. Nos conhecemos a um tempo e começamos uma história muito bonita, recheada de sinceridade e do mais honesto sentimento. No entanto, conversando com ela, desabafei que não conseguiria continuar se eu não tivesse essa conversa com  o sr. E é isso, eu não quero pedir, porque mesmo que o sr. não aceitasse, eu ia fazer o esforço impossível pra continuar vendo sua filha de alguma maneira, portanto, eu quero te comunicar que estamos namorando a uma semana. Quero que confie em mim, no meu caráter e nos meus princípios e que acima de tudo acredite quando eu digo que não tenho limites do que fazer para deixar sua filha feliz. Então é isso.”

“Olha garoto. Hoje em dia tudo está muito complicado. Minha filha é linda – afinal, é minha filha, hehe –  garotos mexem com ela nas ruas todos os dias, é muito complicado confiar em alguém novo assim do nada, mas, ao mesmo tempo, eu confio muito nela e na maturidade que ela tem. Se ela está feliz, e esse sorriso do tamanho do mundo entrega que sim, por mim tudo bem, que vocês sejam felizes com o meu consentimento. E particularmente, fico feliz de ganhar um novo amigo! Só espero que torça pro mesmo time que eu, haha!”

“A partir de agora eu torço, mesmo sem saber qual é!”

“Hahaha, muito boa essa! Gostei de você, mas bem, preciso sair pra regar o jardim, fique a vontade e juízo ein?”

“Hahahaha, pode deixar, ganhou um amigo sim! Muito obrigado e boa ‘regada’ de jardim!”

Eu não acredito que conseguiii! Eu poderia sair correndo pela rua gritando agora! Que felicidade, amor! Está tudo dando certo, agora estamos oficialmente namorando!

“Hahahaha, como você é lindo, sabia? Quanta coragem, encarou meu pai e conseguiu convencer o véio, seu lindo! Mas vem cá, só não entendi a parte que pediu pra ele lembrar do namoro com a minha mãe, o que quis dizer com isso?

“Ah, então, teve isso né, olha, eu não quis dizer NADA, hahaha, na verdade eu não sei, não lembro o que exatamente eu falei, estava meio que em alpha, tentando me concentrar no assunto principal, falei qualquer coisa pra entretê-lo, mas o que importa é que deu certo, né?

“HAHAHAHA, não acredito! Seu doido! É, deu siiim! Agora vem cá vem meu novo namorado! <3”

No jardim…

“Amor, você se lembra do nosso início? Posso te revelar uma coisa? Eu nunca gostei daquela tua blusinha cor salmão, me dava um pouco de nojo, hahahaha, sei lá, MAS CALMA MULHER, ABAIXE ESSA MANGUEIRA! Ao mesmo tempo, você ficava tão sexy de tiara e aquilo me fascinou! Lembre-me de comprar novas tiaras amanhã? Quero reviver aqueles momentos! Vem aqui lindona! s2”

Anúncios

Uma resposta em “Quase Morri Mas Valeu A Pena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s