Eu Amo Você, Não As Frutinhas Do Panetone

A parte do dia que mais gostamos é a noite. Em qualquer lugar, na minha ou na sua casa,  numa viagem, não importa.
É claro que o um dia de sol deixa a gente muito feliz também, você aproveita e usa óculos escuro e sempre vou achar isso sexy. Bem como dias de frio, com a cidade romanticamente cinza, fortalecem nossos sentimentos e as mãos não se desgrudam.
Mas a noite, filme e uma comida gostosa, alguns amigos ás vezes, mas especialmente, muito de nós dois pra nós mesmos.

Talvez o grande segredo para aproveitarmos os momentos é aproveitarmos, acima de tudo, a nós mesmos, sabe? E a gente faz isso muito bem.
Pode ser a noite de maior tempestade – e já presenciamos várias – onde ficamos sentados no terraço vendo a velocidade da chuva, viajando sobre o porquê da chuva, em como é bonito, em como o céu domina esse nosso mundo, em como somos nada perto dessa natureza toda. Pode ser a noite de maior calor do mundo, quando a gente inventa de jogar cartas, preparar algo novo na cozinha e não conseguimos e então recorremos a milhões de litros de sorvete. Noites quando eu tento aprender a tocar violão e você gaita. Quando eu só estou de cueca e você só de regata e calcinha. Pode ser também a maior noite de frio de todas, onde edredons, chocolates quentes e muitas meias são as nossas maiores companhias. Noites frias também, quando estamos a sós, que nos fazem ter a maior preguiça de todas pra tomar banho, e justificando a isso, o motivo pelo qual tomamos banho juntos e fazemos aposta sobre quem vai se despir primeiro.

Todas as nossas noites são especiais desde que trocamos o “Sim”.

Mas hoje é meio diferente. É um dia mundialmente diferente.
Hoje vai ser o nosso primeiro Natal juntos, e eu confesso, só eu sei o quanto esperei por esse momento. Vivi até hoje baseado nos filmes onde a felicidade é predominante e eu sempre fui descrente disso. No entanto, hoje eu me sinto no auge da minha felicidade até então.
Vai ser a primeira vez que não vou ver problemas em reuniões de família, seja a minha ou a sua, até porque teremos que ficar um pouquinho em cada.
Na minha casa as coisas são mais simples, minha família é pequena e não é tão tradicional quanto ao Natal. Geralmente fazemos uma prece rápida, comemos e já está encerrada a noite. Já a sua, pelo que me disse, tem muita gente, parentes distantes, primos pequenos, cachorros, muita gente mesmo! Ufa!

Pra mim, é uma forma inédita de comemorar o Natal. É você sempre me ensinando coisas.

Parece que aquele seu tio que brinca comigo: “Tô de olho em você hein, faça minha sobrinha feliz!” vai estar presente hoje, né? Tudo bem, vai ser a oportunidade de ele e de toda a sua família me conhecer um pouco mais, estou ansioso.

Se eu tiver você comigo, não existe dificuldade não superada. Nem saia-justa, rs.

Nosso primeiro Natal. Quem diria.
Espero ser discreto quando for meia-noite enquanto você estiver cumprimentando toda a sua família. É que prometi a mim mesmo parar nem que seja 1segundo e agradecer as coisas que me aconteceram esse ano. Agradecer a família e amigos que tenho, agradecer a vida pelas suas surpresas, a gradecer a vida por te trazer de surpresa, agradecer a você por ter mudado a minha vida. Nessa noite especial vou agradecer por todas as noites que já tivemos. Noites perdidos na rua sem ter como voltarmos pra casa, noites em shows e baladas, noites na casa de amigos, e claro, as nossas noites vendo a chuva, vivendo o frio e o calor, aquelas que já comentei.
Em meio a tantos agradecimentos, pretendo fazer um pedido à todas as forças do bem que estiverem me ouvindo: Eu quero mais! Da maneira que a vida achar necessária,  mas eu quero mais surpresas boas, quero mais você e mais das nossas noites.

Estou ansioso por esse que promete ser um dos Natais mais incríveis da minha vida! É tanta coisa pra viver ainda hoje! Comprei uma roupa só pra usar hoje, sabe né, minha mãe me criou assim.

Hoje eu já acordei bem com a sua mensagem de “É hoje, te amo!”, já passei o resto da tarde feliz da vida quando o que me escreveu no Facebook: “Psiu, esperei muito por hoje! Até mais tarde, te amo!”

Ouvir o teu primeiro “Feliz Natal!” pra mim, só vai brindar ainda mais a essa vida que eu amo tanto, cheia de possibilidades, e que deliciosamente trouxe você pra mim a quase 1 ano atrás.

Eu só quero mais noites com você. E eu prometo que sempre vou fazer o meu máximo pra que eu possa ocupar um lugar especial na sua vida, a começar com o nosso primeiro Natal.

Só me desculpe, diferente de você, eu realmente não gosto das frutinhas do Panetone, espero que me entenda =/ Hoje vai ser a minha vez de te apresentar uma alegria nova: Chocotone!

E ah, meia-noite também vou te agradecer em silêncio por me dar a oportunidade de conhecer a mais completa felicidade.

Anúncios

2 respostas em “Eu Amo Você, Não As Frutinhas Do Panetone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s