É Verão, Está Comigo, Nem Me Importo Com Mais Nada

Eu nem me importo muito se vai ou não fazer Sol. Apesar de que mesmo sem me importar ele faz questão de aparecer, e quando não, mesmo assim faz questão de me marcar o corpo com queimaduras. Se faz frio ou chove, pra mim também não faz a menor diferença. Lembrar que você está comigo quando te vejo andando pela casa preocupada com a comida e feliz cantando qualquer música do rádio já faz com que tudo valha a pena pra mim. Eu nem me importo tanto com o clima porque eu construo um clima pra gente.

Dias na praia me deixam cansado, a gente come tanto e se exercita tanto que o corpo às vezes desiste de ter forças. E tem horas que eu te engano.
Tem horas que eu te engano e você nem percebe. São alguns momentos como quando deito no sofá que tem na área externa dessa casa que alugamos, sem camiseta e só de shorts, e você se aproxima de mim quando te ouço:

“Amor? Viixi, dormiu, deve estar cansado!”

E na verdade eu estou bem acordado te ouvindo dizer e faço manha com ruídos só pra você ficar mais pertinho me carinhando. Me ajeito no sofá enquanto você passeia suas mãos pelo meu cabelo cheio de sal do mar. Te ouço reclamar das queimaduras, que deveria ter comprado um protetor solar de maior fator, e até levo uma buxa: “Mas gente, culpa dele que ficou me acelerando! Eu tenho, mas acabei esquecendo, droga!” Ora, se demorar 3horas pra arrumar UMA mala pra 2 dias na praia não for demorar, o que pode ser? Queria te responder isso.

Se eu já não estava dormindo antes, quando comecei a te ouvir foi que comecei a fingir mais. Reclama tanto dos pernilongos a noite, que os repelentes não são o bastante, que queria incendiar um por um desses insetos – nessa hora eu segurei minha risada – enfim, você reclama de tudo, mas ao mesmo tempo me surpreende.

É quando não estamos presentes que as maiores verdades são ditas.

Já com a minha cabeça sobre suas pernas e continuando com o carinho, você começa a falar de como tem gostado da viagem. Confessa aos nossos amigos que no início não estava muito animada, mas que foi só a gente chegar que tudo se transformou. Tão especial é te ouvir dizer que está feliz com a nossa história. Que não se importa muito com o meu jeito preguiçoso e até dá risada das minhas caretas fazendo manha ao me negar levar uma louça – é bom lembrar disso! rs.

Mas da mesma forma que te engano eu sou traiçoeiro. E você esquece disso.

Exatamente no momento que começa a falar coisas lindas sobre a viagem, eu acabo não resistindo e começo meu ataque de cócegas até que você faça xixi no biquíni de tanto rir. Eu não tenho compaixão! E entre arranhões das suas unhas sem esmalte e mordidas no meu ombro, paro a sessão cócegas só pra te dizer: “Não me bate, espera! Você é tão linda, ouvi tudo o que disse, eu não estava dormindo, me desculpa? Mas viu, conta agora aos nossos amigos que na verdade EU TROUXE o protetor e ele está DENTRO da sua bolsa em algum lugar, e isso, te mostrei quando estávamos no carro.”

E a reclamona que eu mais amo no mundo.

Anúncios

4 respostas em “É Verão, Está Comigo, Nem Me Importo Com Mais Nada

  1. HAHA’ muito bom!
    eu me familiarizo um pouco com o texto,
    as palavras que eu mais ouço são : ” A chata que eu mais amo no mundo”. rs

    Quero pedir desculpas por não comentar ” SEMPRE ” mas,
    como eu disse antes a você, eu conheci o blog á uns 2 ou 3 dias ( mais ou menos )e eu sempre que tenho tempo venho dar uma reviradinha rs, quero poder ler todos os post’s e continuar amando tudo isso por aqui !

    Parabéns mais uma vez!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s