Não É Vontade De Dormir, É Ansiedade De Sonhar Pra Te Encontrar

Era um mundo onde eu podia parar o tempo.
Lá era engraçado, eu podia controlar o relógio. Eu podia também ter os amigos por perto, todos eles, sempre que eu precisasse.
Esse mundo era muito especial, tanto, que parecia história de filmes. Lá, na fila do cinema, eu me encontrei com alguém que completava os meus pensamentos, que me dizia pra continuar, pra parar, que me motivava, que me jogava um balde de realidade.

Lá eu encontrei alguém.

Era alguém que não tinha tanta beleza como outros “alguém” das capas de revistas, mas era alguém que tinha um charme em cada palavra e sabia me seduzir com o primeiro “oi, tudo bem?” no telefone.
Já falei que era engraçado? É que eu parecia um louco naquele mundo. Lembro que  durante o dia pela cidade, nos lugares onde eu parava, alguns para comprar suco, outros um salgado, aparecia esse alguém na minha frente só pelo fato de eu pensar. Tipo, eu pensava e aparecia, sabe? Eu queria estar perto e prontamente eu já estava, nos lugares mais inusitados.

Todas às vezes que eu trazia esse alguém pra perto pelo pensamento, a gente saía andando pelas ruas de mãos dadas, brincávamos com os cachorros alheios, contávamos piadas sem graça um pro outro, sentávamos em bancos públicos, cogitávamos novos filmes pra assistir, debatíamos se almoço seria massa ou salada, a gente vivia. Naquele mundo eu vivia algo que nunca vivi antes, pelo menos era a sensação que eu tinha.

Eu até lembro que teve uma vez que eu estava saindo do supermercado quando quis trazer esse alguém pra perto, e como sempre, me apareceu bem na frente, mas estava diferente. Estava com os olhos vermelhos, se escondia de mim, eu perguntei o que tinha acontecido, não me respondia, eu insisti até ver que estava chorando.

Eu estava com alguém chorando.

Fiquei mal, não sabia o que tinha acontecido e perguntei novamente porque estava daquele jeito. E a minha resposta foi:

“Não aconteceu nada, não precisa se preocupar. Eu estou feliz. Por mais incrível que possa parecer, estou chorando de felicidade. É que pra mim é tão especial saber que alguém pensa em mim tantas vezes durante o dia, que você é esse Meu alguém, que me faz sentir mais que um “alguém qualquer”, por isso eu apareço toda vez que você pensa em mim. É o teu pensamento que me traz aqui pra pertinho. E eu me entrego à emoção.
Quando eu não estou com você, estou te esperando me procurar.”

Definitivamente eu estava vivendo em um mundo louco. Onde primeiramente eu havia encontrado alguém que mais do que me entender, tentava. E a gente se completava muito! Eu já achava estranho aí. Aí depois eu tinha um poder te trazer pra minha frente esse alguém toda vez que eu pensasse. Me sentia poderoso. Aí, numa vez qualquer, que eu trouxe novamente, esse alguém estava chorando, mas era um choro feliz, feliz por mim, por eu ter chamado, por querer estar perto. Eu não sei explicar.

Aí o relógio bateu as 7h e eu acordei.
Sem alguém, com ninguém.
Preciso trabalhar.

Anúncios

6 respostas em “Não É Vontade De Dormir, É Ansiedade De Sonhar Pra Te Encontrar

  1. meu vocabulário está sem elogios para os seus textos já…
    já não sei mais expressar, com precisão, quão bem me fazem.
    será que assim dá para entender?

    no final, eu vou escrever aquela palavra que eu adoro e, em caixa alta: SENSACIONAL!!!!

    Super beijo, de uma super fã! :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s