O Problema É Você E Não Eu

Na verdade é bem isso mesmo e não ao contrário. Não que eu você tenha alguma obrigação de se comportar de alguma maneira específica e imutável, longe disso, a gente pode mudar sempre, todos os dias, contanto que toda e qualquer mudança não afete outra pessoa, pois a partir do momento que você começa a compartilhar uma história com ela as consequências já não são só suas, são dos dois. Pelo menos seria justo se fosse assim, apesar de eu saber que não é.

E veja bem, não estou dizendo que eu gostaria de prever o futuro ou que eu gostaria que as coisas fossem como eu bem entendesse, aqui estou falando sobre justiça, em como tem horas que a gente se vê numa tristeza tão grande que parece que ao invés de sairmos do poço, estamos entrando ainda mais. Aquelas vezes que a gente se pergunta: “Mas o que diabos aconteceu agora pra tudo dar errado de novo?” Falo da situação de quando você se vê vivendo uma história normal, com todos os altos e baixos, repito, normal, mas que de repente é surpreendido por uma decisão feita por outra pessoa e que vai influenciar complemente o decorrer dos próximos dias, semanas, meses, eventualmente, anos.
É isso que você está fazendo. Você não lembrou como eu me sentiria ao agir de maneira que resolvesse como você estava se sentindo.

Eu já nem falo mais de sentimento, daquela história de se colocar no lugar do outro. Eu só estou naquela fase de insistir em querer entender sabendo que isso nunca vai acontecer.
Foi você quem mudou e não eu.
Foi você que parece estar de saco cheio de mim e da gente. E só eu sei como me senti quando te vi me olhando como se dissesse: “estou com dó de você, mas vai ter que ser assim”. É… Pior que não existir mais nada é a forma que essa nada começa a existir. Nesses momentos que eu falo de justiça que é quando me pergunto se eu merecia passar por isso. De novo. Acabo pensando que se existe vida anterior, olha, devo ter feito muita coisa de errado pra merecer tanta coisa ruim na minha vida quando o assunto é essa merda de amor.

Outra vez, não é muita novidade, fui vítima da sinceridade cruel e certeira.

Até aqui eu lamento o jeito que as coisas terminaram. Me conforta, no entanto, saber que a culpa disso tudo não foi minha, pois eu tinha planos reais de coisas para fazermos nos próximos meses, e devo te falar, você não faz ideia de todas as coisas que eu planejava.

Eu nunca sofri pra sonhar.
Muito menos nos sonhos em que eu incluía você.

É que eu sou daquelas pessoas que, pelo menos, faz a própria parte para que a vida seja recheada de momentos eternos. Muito embora, é bem verdade, quase sempre essa dedicação toda não dar muito certo, vez ou outra me pego pensando nas coisas que eu quero viver, aí extermino essa tristeza com a arma da ansiedade pela felicidade.

Bem que você poderia me dizer desde quando começou a pensar dessa maneira, né? Sei lá, desde quando começou a me ver como um problema e não mais um prazer em sua vida. Seria a pior coisa a se ouvir, mas por incrível que pareça eu ia ficar mais feliz em ouvir qualquer coisa além de “desculpe, estou em outra fase”. É claro que está em outra fase, foi você que mudou, você que rasgou tudo, você que não deu a mínima para mim, pra gente e muito menos para o que você sente.

Eu sinceramente, por tudo que mais dou valor nesse mundo, espero que não se arrependa do que está prestes a fazer. Respeito e respeito muito tudo isso que está acontecendo, porque olha, não é a primeira vez que sofro com isso, mas meu sofrimento costuma durar no máximo 24 horas, depois que passa, tudo que eu menos quero é ouvir o nome da pessoa que me fez ficar assim. E o teu nome já entrou pra essa lista.
Eu não sinto raiva, nem decepção, neste momento eu só penso na justiça, ou na injustiça.

Já parou pra pensar se isso é mesmo justo?
Em outra fase eu juro que tentaria te convencer que podemos acertar tudo se mantivermos a calma aliada a tudo de mais bonito que sentimos um pelo outro, mas, infelizmente, dessa vez, o problema é você e não eu.

Caso se arrependa de tudo isso, sabe bem onde me procurar, só não espere me encontrar.

Anúncios

3 respostas em “O Problema É Você E Não Eu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s