Não Tenho O Direito De Reclamar

Sinceramente eu não esperava que isso poderia acontecer. A gente diz que sim, mas no fundo nunca consideramos efetivamente todas as consequências que algumas atitudes nossas podem trazer.
Eu nunca imaginei que seria fácil pra você, acontece que eu não ia conseguir viver fingindo que eu estava bem, eu sempre preferir ser sincero e não foi diferente na última vez. A minha maior certeza era que não estava mais dando pra gente continuar. Sei lá, não sei explicar direito, eu não estava conseguindo ser a pessoa que você esperava, eu queria viver outras coisas, que saco, não sei explicar.

Eu não só esperava que isso aconteceria.
Só não esperava te ver com outra pessoa.

Dei fim a nossa história acreditando que seria o melhor pra nós, especialmente pra mim, e claro que considerei que você ficaria mal, eu só não esperava que você fosse se recuperar tão rapidamente. Hoje te vejo feliz como nunca vi antes, vejo suas postagens na internet, vejo as declarações, vejo tudo, vejo como você realmente parece ter encontrado uma pessoa maravilhosa na sua vida…

… enquanto eu estou aqui cansado de viver uma mentira.

Eu me arrependi.
Sei que obedeci meu coração dizer pra terminar, mas tudo que eu queria agora era poder voltar atrás e desfazer esse erro. Poxa, eu queria tanto refazer nossos planos, continuar nossos sonhos, voltar a ir ao cinema e dar a risada que a só a gente dá, ir aos restaurantes que a gente tanto gosta, sei lá, eu queria você de volta. É isso.

Na certeza de estar fazendo a escolha certa eu fiz a pior delas.

E o pior de tudo é não poder voltar atrás. Não é nem questão de refazer alguma coisa, mas não faz sentido eu te procurar agora e dizer: “olha, eu errei, volta?” ou algo do tipo. Não faz sentido eu aparecer na sua vida como uma ferida não cicatrizada, não faz sentido eu atrapalhar a sua visível felicidade, e justamente eu, que tanto torci e torço para que você seja feliz. Então eu fico aqui de longe só te observando. Fico imaginando que agora outra pessoa tem o teu abraço antes de dormir e a ligação preocupada no celular de “já almoçou? está comendo direito?”. Me tortura pensar que você compartilha o teu edredom com outra pessoa. Imagino se ainda faz aquelas mesmas piadas, aquelas que eu gosto tanto e morria de rir. E essa dor só piora quando o sinto o seu perfume-saudade quando ando por aí.

O arrependimento é um vírus que desintegra qualquer coração.

Mas também que droga, você nunca me falou que gostava tanto de mim, sei lá, você nunca me provou.

Ou fui eu que nunca me toquei.

Eu  já não sei mais de nada.
Por um lado, foi importante acontecer isso com a gente. Primeiro porque eu me sentia sufocado e como eu disse, precisava ouvir meu coração, segundo que talvez eu tenha aprendido uma das lições mais importantes da minha vida: dar valor enquanto tenho comigo, porque depois que se vai, dificilmente volta.

Pior é saber que não foi você que partiu, foi eu que te deixei.

Continuo querendo que você seja feliz, que de repente essa pessoa que está com você realmente esteja te fazendo bem como vocês tem mostrado por aí. E olha que eu nem quero lembrar da vez que vi vocês dois na fila do cinema… Saí praticamente correndo pra não ser visto e pra não presenciar aquilo. Vocês estavam felizes, você parecia dar o maior dos carinhos e o pior, pra mim, era visivelmente recíproco. Era uma cena feliz de um casal mais feliz ainda. Eu fico relembrando e sofro ainda mais, que droga!

O problema é que agora não consigo me imaginar com outra pessoa que não seja você. Não consigo imaginar que vou achar graça de brincadeiras novas, que alguém vai me atrair, qualquer coisa, eu não consigo me imaginar fazendo nada que não seja com você, e a pior parte disso é saber que, de um jeito ou de outro, vou ter que aprender a conviver com essa verdade. É, não tenho o direito de reclamar se fui eu que quis assim.

Todas as pessoas para quem contei essa história me disseram que a dor do arrependimento uma hora passa, mas acho que talvez tenham se esquecido de me avisar que não seria rápido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s