Porque o Normal Cansa Demais

A gente faz a nossa música, ousa em um refrão, a gente dança na sala até sem ouvir música.
É o nosso jeito, cheio de defeitos, de deitarmos num sábado a noite no sofá sem muita preocupação além do que fazer quando a pipoca acabar. A gente vai assim, vivendo um dia aqui e outro ali, vamos vivendo juntos.
E eu vou te falar que sinto uma raivinha daquelas de perder o ar quando eu te pergunto o que você tem pra estar tão emburrada, e você me ignora, não responde sequer uma palavra pra só depois que eu desisto de tentar entender, você chegar em mim e dizer: “É TPM, você já deveria saber”.

Não precisa me acelerar quando estou saindo de casa pra te encontrar, o caminho já é longo e a sua ansiedade só aumenta a minha vontade de te olhar e dizer: “Cheguei, já escolheu um filme pra gente ver?” Porque com a gente é assim, sem nenhum luxo, mas é um mundo nosso que a gente respeita e muito, onde vamos dia após dia, sem esperar muito do amanhã, construindo uma história que pra muitos pode parecer boba demais, mas que pra gente é tudo o que importa e nada mais.

Esses dias eu tentei lembrar do que eu vivia antes da primeira vez que a gente trocou o número de celular, foi engraçado porque eu não consegui lembrar muito bem, até existe uma lembrança rasa não sei bem do que ou de quem, que deve ter feito um bem pra mim, mas nada que se compare ao sentimento que eu vi nascer por você em mim.

Você sempre fica tímida quando eu te peço pra deixar o cabelo como está, quando eu falo que acho ele lindo quando você sai do banho sem secar, é que seria muito fácil eu te achar bonita toda pronta e arrumada pra gente sair, quero ver outra pessoa achar beleza no jeito que você grita: “Sai já daqui!”.

Tenho aprendido muitas com você nas quais nem faz ideia. Tipo, hoje eu sei que não posso ser o último a aplaudir em uma plateia. Aprendi também que não devo te levar ao teatro pra gente dar risada, você não se controla, fica desesperada e a sua gargalhada é sempre a mais alta. Quando eu chamo o garçom e peço a conta, você faz de conta que nem está ali, tudo porque não quer me responder quando eu pergunto “E então, vamos dividir?” E olha, eu relevo, nem me importo com isso, sempre te dou um troco quando a gente volta pra casa e eu me queixo de estar cansado demais pra te fazer a massagem nas costas que tanto gosta.

Te confesso que rezei tanto pra encontrar alguém tipo você na minha vida, só não considerava ser tão privilegiado a ponto me encantar por alguém enquanto sorria, mas pensando bem, acho que estava escrito em algum lugar que a agente se encontraria, sei lá, não sei se acredito nessas coisas, mas é muito especial saber que depois de algumas poucas pessoas, posso deitar todas as noites e em oração agradecer por ter encontrado alguém que traz tanta luz assim pro meu coração.

Conversinha fiada, cheia de mimimi, né? Você não gosta que eu seja sensível demais, e eu respeito, da mesma maneira que não suporto você intransigente falando “Fim, esse é meu jeito”, então está tudo bem, a gente se completa tipo o o biscoito e o recheio, tipo a fronha e o travesseiro, e eu juro, que enquanto eu tiver força pra fazer qualquer coisa, algumas dessas mesmas coisas vai se te agradecer pra sempre por eu te feito a melhor escolha.

Anúncios

2 respostas em “Porque o Normal Cansa Demais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s