Depois Não Diga Que Eu Não Tentei

Dias desses finalmente parei pra pensar.
Foi em uma corriqueira viagem de ônibus voltando pra casa. Abri mão de um delicioso livro que tenho lido ou de uma porção de minutos divertidos dedicados ao celular e parei pra pensar e analisar como eu estava me comportando ultimamente. Depois de um tempo de dor instantânea provocada por algumas malditas lembranças, cheguei a conclusão que eu estava errando demais. O lado bom é que os erros são reversíveis.
Voltando para as coisas que pensei até cansar de pensar, a principal delas é você. Parece que eu sentia medo de te colocar na lista de pendências da minha vida, vai ver era uma tentativa de defesa por medo de sofrer. Vai saber.

Só que eu esgotei feito gota em fim de chuva.

Vamos pelo início: você não fez nada pra mim. Esse é o início, meio e fim.
É exatamente esse motivo que me fez cansar de você, e se fosse eu no seu lugar, penso que seria interessante brindarmos esse acontecimento, pois pior seria eu pegar nojo do seu rosto e do seu nome e numa circunstância dessas tudo seria muito mais desastroso e definitivo. A verdade é que você me cansou pelo teu jeito de ser. Pelo menos comigo.
Não lembro de outra vez nessa vida em que fui tão paciente quanto todas as vezes em que conversamos. Sem entender muito bem o por quê – só sabendo que eu queria fazer – fui uma, duas, três, 100 vezes, falar com você e te fazer convites para que valorizasse a sua vida.

“Vamos sair?”, “Ah, não vai dar”, “Vamos ao show tal?”, “Ah, vai acabar tarde”, “Por quê não me respondeu a mensagem?”, “Ah, desculpa, esqueci”.

Só que agora eu nem quero mais e acho importante escancarar meu ponto de vista para que de repente, se existir ainda algum resto de inteligência na sua cabeça, que não repita essas mesmas coisas com uma pessoa nova, pois eu, ah, eu, já falei ali, eu cansei de você, só que eu gosto tanto de você que ainda sou capaz de te apontar tudo que me fez desistir.

Sabe, muitas das nossas tristezas são provocadas pela gente mesmo.
Eu fiquei tanto tempo procurando resposta pelo teu jeito indiferente – e que você jura ser coisa da minha cabeça – que acabei vivendo momentos em que sem pestanejar eu apertaria o botão delete na minha vida. Gostaria mesmo de esquecer, no entanto, se não fosse tudo o que você me faz passar, eu não estaria hoje aqui com essa força pra te olhar nos olhos e dizer que você não faz a menor ideia do que perdeu sem sequer ter tentado, você só vai se dar conta quando se ver relendo todas as minhas mensagens no seu celular, e sabe onde eu vou estar quando essa hora chegar? Eu também não sei, só sei que vai ser longe de você e a culpa disso é só sua.

Você foi covarde com o teu coração, foi covarde comigo, covarde com o que eu sinto. Apesar que agora, parando pra pensar e me colocando em seu lugar, começo a ver sentido em toda a sua displicência comigo. Acho que eu não me encaixo no padrão que você gosta, não faço parte da futilidade que te atrai, não uso de artifícios baixos só pra chamar a sua atenção, tipo aquele monte de gente que você gosta. Pronto, vendo por essa lado, nem eu no seu lugar me importaria em aceitar um convite pra sair, que seja pra dar uma volta no parque.

Eu não cheguei a te falar o que eu sinto e você não se deu a oportunidade de viver os melhores momentos da sua vida. É claro que eu não posso garantir que seria como imagino, mas do contrário, garanto que eu não mediria esforços pra te ver bem acima de tudo, e isso, entenda e coloque na sua cabeça, ninguém nunca vai se esforçar mais do que eu queria.

Parece que estou supervalorizando tudo isso, né? Vamos usar a prática então. Acontece que eu cansei do teu jeito de fingir gostar de mim, dos teus elogios prontos nos quais nunca se deu o trabalho de falar de outra maneira. Cansei de correr atrás de você pra te ver, pra saber se está bem, cansei de te convidar pra lugares que de repente você nunca vai visitar na vida, e são em situações como essas que eu fico com raiva, pois não me entra na cabeça o fato de existir gente tão burra como você.

A felicidade é uma soma de oportunidades. Pode ser uma só vez, por de ser trinta delas, mas em todas, a felicidade sincera, real e inédita pode ser vivida. Só que tem gente que não gosta de aproveitar.
Tipo você.

O lado bom é que os erros são reversíveis, neste caso, os meus erros. Dessa vez preferi não virar, mas sim, rasgar a página e pretendo não ser assim na minha próxima.

Anúncios

6 respostas em “Depois Não Diga Que Eu Não Tentei

  1. Cara Ótimo o texto você não imagina como ele se encaixa exatamente com o que estou “passando” é o que eu precisava ler PARABÉNS!!! Ler isso parecia que eu estava lendo os meus pensamentos bagunçados, mas agora em uma perfeita ordem…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s