Para Evitar Que Seja Tarde Demais

Leia ouvindo: http://www.youtube.com/watch?v=ZADpco6Zn9I

Hoje saio – todos saímos – de casa com a maior incerteza de que vou voltar a noite. E em momentos como agora, quando começo a pensar em como temos vivido é que eu começo a pensar sobre o quanto eu gostaria de poder fazer algo pra mudar tudo isso… Até me lembrar que o que me resta, o que nos resta, é cuidar de nós mesmos e de quem gostamos.
Nossa vida não vale nada diante de algumas pessoas, se é que podemos chamar de pessoas. Vivemos um mundo onde uma vida é tão descartável quanto um beijo. E aqui você tem o direito de achar uma louca comparação, mas ambas são importantes, ambas nos fazem melhores, nos trazem oportunidades e nos fazem felizes. É uma questão de mudar a forma de ver.

Olha, de repente é por isso que meus pais me cobravam tanto quando mais novo, cobravam uma postura mais adulta hoje e sempre, por isso me cobravam e ainda cobram responsabilidade, organização e sobretudo maturidade para encarar os dias, por que nem tudo é como eu quero e apesar de outras épocas terem sido relativamente mais fáceis, hoje a nossa vida não vale nada e por isso os dias precisam marcar, por isso precisamos viver no máximo todos eles. Talvez meus pais fazem isso por saberem que há a chance de me deixarem só em algum momento e eu preciso aprender a ser só.
Assunto estranho né, meio sem pé nem cabeça, mas é a mais pura realidade e quando a gente escancara as possibilidades da vida assim, é normal que a gente se assuste.

No meu caso, no nosso caso, penso e me preocupo bastante com você. Aos poucos fui concluindo e te fazendo entender que não era possessividade, mas sim uma forma de zelo, uma forma de demonstrar sua importância para a minha vida, e digo mais, mesmo que você não entenda, eu vou continuar sendo assim, porque eu gosto de você.

Devo te falar que nem sempre fui assim.
Já vivi fases onde só o meu umbigo que me importava, onde eu descartava qualquer opinião de qualquer pessoa que fosse contra a minha. Eu mudei tanto, você me mudou tanto.
Lembro que pouco a pouco fui começando a ouvir mais do que falar, fui começando a observar o seu jeito de falar, de defender uma ideia e de como explicar o seu ponto de vista, e isso foi me motivando a tentar ser melhor pois esse meu jeito nunca me convenceu e nunca me trouxe os sorrisos que eu tanto já busquei.

Das vezes em que tentei me imaginar sem você, todas elas eu fiquei mal. Entenda que não estou mais na fase, nem na idade de supervalorizar as pequenas coisas e que não estou falando que mergulho em depressão quando me imagino sem você, aqui, falo de como vai me fazer falta se eu perder você nos meus dias, se eu perder sua opinião, se eu perder o seu carinho no meu cabelo, se eu perder contato com você e não puder mais te mandar uma mensagem de saudade.
Veja, é por isso que me preocupo. E saiba que não me afeta negativamente pensar na possibilidade de você ter que seguir a sua vida sem a minha. Minha experiências até aqui me fizeram ver que preciso valorizar enquanto tenho, porque depois que perdi, não há valor que seja justo.

Estou tentando lembrar, mas acho que nunca falei com você dessa maneira, né? Nesse tom de seriedade e de uma forma adulta e convincente pra você. É mesmo, fazendo sentido, nunca falei assim. É que hoje acordei diferente.

Não sei exatamente por quê, não fiz nada especial pra isso, pelo contrário, segui minhas atividades pela manhã como em outra qualquer, mas algo me dizia que eu precisava te falar algumas coisas e essas todas até agora são só algumas.

Acordei raciocinando até demais. Lembra como desligamos o telefone na noite passada? Ou seja, eu não teria motivo pra vir falar essas coisas que podem parecer confusas pra você, eu sei, mas vou tentar ser claro.
Já faz um tempo que comecei a valorizar todos os meus dias e todas as coisas que possuem influência na minha vida, e você claro, foi uma das melhores que me aconteceu nos últimos meses mas não sei se consegui te convencer disso, ou melhor, não lembro nem se já cheguei a comentar algo parecido com você antes. Então a hora é agora.

Olha, quero te falar que eu gosto de você mais do que você imagina, e de cara, peço para que se a ideia for fazer algo para se comparar a mim, que não o faça. Não vivemos uma competição mas uma história e eu só estou com você porque te aceitei do jeito que você é.

Se eu morrer, você promete se lembrar dessas coisas? Se eu não te ver nunca mais por algum motivo, por favor, nem que dure anos, não esqueça dessas coisas e jamais duvide. Por favor, não pense que é um discurso dramático para tentar te comover pois essa seria a pior das minhas atitudes, só estou lendo uma carta aberta que meu coração escreveu pra você.

De verdade, se alguma coisa acontecer com a gente que nos impeça de ficar juntos, qualquer coisa, se você se cansar de mim, enfim, não sei, só não esquece e não duvide que seja sincero. E garanto, que pra sempre vai ser!

Se amanhã quando acordar, ou quando for dormir, você se sentir insegura, pensa que quando eu te perguntei se queria viver uma história comigo, eu não estava brincando, ou seja, estou e estarei na sua vida, em forma de lembrança em uma foto ou em forma de refrão de música.

Eu só precisava tirar esse peso de nunca ter sido claro você sobre as coisas que sinto e acho que consegui ser e a conclusão é que eu não quero que nada acabe, mas se algo der errado nessa vida, que você leve essas palavras com você pra lembrar quando sentir vontade. Ou saudade.

Se eu morresse agora, já morreria feliz por ter visto mais uma vez esse teu sorriso tímido de canto de rosto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s