Pode Não Ser a Solução, Mas Já é Um Bom Começo

A gente consegue viver bem sem ninguém, mas só podemos ir além tendo alguém.
Só que ter alguém está totalmente relacionado ao fato de se aceitar sem ninguém.
Parece uma equação confusa, mas é tão precisa e definitiva quanto a matemática.
Em tese, não é através das suas fotos sensuais nas redes sociais que está a pessoa que você vai se orgulhar de postar “hoje é dia de filminho!”; também não é nos tombos pelas ruas ou no metrô durante aquelas incertas voltas pra casa pela madrugada, que está te esperando quem você quer dar presentes nas datas especiais e roubar a pipoca durante o filme no cinema.

As coisas começam a acontecer quando a gente muda a forma de ver.

Talvez a timidez daquela pessoa com quem tem falado a tanto tempo seja realmente um problema pra ela, talvez você nem faça ideia do quanto essa pessoa gostaria de te chamar pra sair e te fazer ter uma noite especial. Talvez aquela outra pessoa fale demais porque sente vergonha de ficarem sem assunto; talvez “sair para tomar um sorvete” é o máximo que a pessoa pode fazer naquele momento mas que mesmo assim gostaria de fazer com você. Talvez se você fizesse mais na mesma proporção com quem espera que as coisas sejam feitas, tudo daria mais certo.
O erro está em querer as coisas do jeito que gostaríamos e não do jeito que merecemos.

Nem todo tempo gasto é tempo desperdiçado.
E pelo contrário, tudo é aprendizado.

Outra coisa, qual o problema de você se interessar por uma pessoa que seus amigos não julgam ser um exemplo de pessoa ideal? Qual problema em você sentir atração por alguém não convencional, alguém que anda pelo contramão, fora dos padrões de uma pessoa “normal”? O que é o normal?

A primeira impressão só fica se a gente quiser.

Nos clichês a gente pode confiar, e dentro deles, vale destacar a verdade de que nada vale se a pessoa usa a roupa mais cara ou a mais barata, afinal, somos seres humanos iguais e queremos a mesma coisa.
Somos nós que julgamos o que torna alguém interessante pra gente, e dentro disso, todos os costumes são lixo.

Amor é o coração batendo tão forte que anula a visão.
Aí então, faz sentido que ela seja cego.

Sobre ela,
O fato de por acaso ela não ter o corpo das capas de revista, soltar sem querer um palavrão aqui e outro ali, gostar mais de novelas do que de telejornais ou mais coisas do tipo, não a torna pior que nenhuma outra, e mais, você já se perguntou se realmente pode exigir alguém como imagina? A gente espera demais, mas pouco reconhece. Ela pode não ser alvo de elogios alheios (ser alvo, é vantagem?) por aí ou alguém pra você exibir na internet em busca de repercussão vazia, mas é ela, somente ela que não vai ter nojo na hora de te ajudar com a unha encravada, ela que não se vai importar em voltar pra casa dirigindo depois de você ter tomado uma dose a mais; ela que vai se esforçar em preparar algo no cozinha só pensando na sua reação ao experimentar; ela que vai te pedir pra ficar um pouco mais mesmo sabendo que já é tarde demais.

Sobre ele,
Ele também pode não ter o corpo dos sonhos, pode não ter beleza que suas amigas reconhecerão, pode não conseguir escrever uma ou outra frase de efeito e pode até nem saber muito bem o que é uma frase de efeito, mas é ele, é somente ele que vai guardar um dinheiro pra te dar um presente que imaginou que gostaria; ele que compra roupas novas pra não fazer feio andando ao seu lado no shopping; ele que não vai se importar se a “make” ficar boa ou não, se você fizer escova ou não, se você pintar as unhas ou não, porque ele gosta de quem você é e não exatamente de quem você pode ser.

Quando a gente muda a forma de ver, a gente viver melhor.

Apesar do destino ser incerto, dá pra gente fazer uma ou outra coisa pra garantir que ele seja certamente melhor.

Vem cá, http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s