Como Eu Me Sinto Quando

Tudo que a gente passa nessa vida tem um motivo para acontecer, uma inspiração pra motivar ou uma lição pra aprender.
É que a gente tem mania de querer tudo fácil demais.
A gente não quer demora pra ser feliz, mas também não temos pressa em espantar a tristeza. Isso significa que muito – se não tudo! – depende da gente.

Mas tem horas, eu sei, que parece surgir uma força fora do normal que puxa a gente pra baixo e nos mantém lá.
Parte dessa força atende por um nome chamado: passado.
O passado segura a gente, nos sequestra dentro das próprias lembranças e parece que quanto mais força a gente faz pra sair, mais presos ficamos. E bem, é isso mesmo, é exatamente isso que acontece.

A vontade de esquecer só deixa a lembrança ainda mais forte.

Pena que nem tudo está em nossas mãos.
Por exemplo, é praticamente impossível agradar a tudo e a todos e deixar tudo e todos no mesmo nível de felicidade. Mas quer saber? Isso não é de todo mal. Ter o controle significa não ter a experiência e a gente vive em busca de novos episódios nessa história que é a nossa vida; a gente vive pra ver coisas diferentes. Se tivéssemos o controle de tudo que queremos, em nada aprenderíamos. No entanto, claro, isso não significa que o descontrole é bem-vindo, mas sim, que o dia a dia é bem-vindo, que a graça está mesmo no momento seguinte, na próxima SMS, na próxima ligação e na próxima espera na catraca do metrô. Se é que me entendem.

A cada noite que deitamos no travesseiro ficamos cada vez mais perto de tudo que merecemos nessa vida, pois a verdade é que mais do que a gente ter tudo o que queremos, teremos tudo o que merecemos, e isso, claro, são coisas diferentes.

Por um mundo com novas formas de ver para então viver de novas formas.

A gente também se culpa demais.
É muito chato se sentir motivo de tristeza pra alguém, como se a nossa vida tivesse total influência em tudo o que acontece na vida das pessoas. Não é bem por aí. É claro que podemos influenciar e com isso construir momentos e palavras que ressoam por anos, mas nem sempre a gente tem culpa, e isso significa que não podemos resolver.

Se age com o coração, age feliz.

Sempre vai ter alguém que vai sorrir menos que o outro no fim.
Só que a gente não tem muito o que fazer pra evitar que isso aconteça, e querer encontrar algum jeito de amenizar o jeito que a vida acontece, nada mais é que uma atitude infantil de querer controlar o ponto mais excitante da vida: o jeito que ela é imprevisível.

A graça em acordar todo dia está justamente em não saber o que vai acontecer. Se vamos sair de camiseta ou de moletom com capuz.
Melhor que tentar planejar o que pode acontecer é celebrar o que está acontecendo.

Então faz assim,
Deixa o passado fazer parte da sua história em silêncio, deixa o presente te mostrar como você pode se surpreender com o lado bom da vida, deixa o futuro ser seu como sempre foi e viva pouco a pouco do jeito que você quiser. Só não deixa que seus medos em não ser compreendido, sua saudade pelo que não existe mais e a sua preocupação em ter feito bem ou não para alguém, em ter dito ou não a coisa certa, em ter feito ou não a escolha certa, enfim, te atrapalhe de viver cada segundo de todos os seus dias. A não ser que você escolha viver pelo que já viveu, o que será uma pena.

Quem te aponta egoísmo por viver por si desejaria viver exatamente igual a você.

E aqui não estamos falando em não se importar com ninguém, com o passado, presente ou futuro, aqui estamos falando em se importar no que vai jantar hoje a noite, no livro que vai começar a ler amanhã, no esforço no trabalho e em ter por perto as pessoas que nos tiram o mais sincero dos sorrisos e que de alguma maneira nos convencem que somos mais especiais do que imaginamos. Viver por si é comprar as roupas preferidas, é cantar os refrões que mais gosta e confessar saudade toda vez que quiser, sem se importar com o que vão falar.

Vamos deixar o mundo girar na velocidade que ele quer.
Vai acontecer muita coisa pra fazer com que ele pare. Muita gente vai tentar te convencer que ele tem girado rápido demais e que isso não é tão legal. Mas a verdade é que a gente que deve acompanhar o ritmo do mundo e não o contrário. Se ele tem girado de um jeito assustador, a saída e correr ainda mais pra não ficar pra trás e viver só do que poderia ter acontecido ou do que já aconteceu.

Não viva pelo que poderia ter acontecido, viva pelo que está acontecendo e pelo que você gostaria de viver.

É mais ou menos assim que a gente deve se sentir quando sentimos falta de motivos pra ser feliz.

Anúncios

Uma resposta em “Como Eu Me Sinto Quando

  1. Infelizmente nem sempre é falta de motivos pra ser feliz, normalmente o que toma conta de nós é uma tristeza irrefutável de saber que tudo podia ser diferente, de sentir que existem muitas palavras a serem ditas e que o silencio desse tempo que se passou calou tudo aqui dentro… Quantas vezes eu já saí pelas estradas aqui no meio da noite pra observar as estrelas e gritar o nome dela que estava engasgado dentro de mim, com o intuito de que em algum lugar nesse mundo ela estaria olhando o mesmo céu que eu e pensando no quanto meu abraço faz falta, no quanto o meu sorriso torto fazia tudo ficar mais interessante, no quanto o nosso beijo tinha o encaixe perfeito… Só que por mais que todo esse tempo se passou eu ainda continuo aqui, esperando o dia que meu telefone vai tocar e ela vai me pedir pra sair correndo pra encontra-la… Minha vida parou naquela despedida, naquele domingo de manhã quando eu lhe roubei um beijo e saí em disparada pra não ver mais aqueles olhos que eu tanto amo, aqueles olhos que me encontravam todas as manhãs quando eu acordava primeiro só pra contemplar sua beleza angelical ao sonhar… Dói… Dói demais, e eu morro por dentro a cada dia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s