Pra Mim Ainda Não é Fácil Assim

Estou longe de ser quem eu gostaria de ser,
mas sou sincero ao dizer que sou tudo que eu tenho de melhor pra você.
Houve um tempo em que eu pensei em desistir dessa história de conhecer alguém pra chamar de meu; houve um tempo em que eu desanimei e quase joguei tudo pro ar e jurei nunca mais acreditar que seria possível confiar em alguém nessa vida, mas se tem uma coisa que eu gosto é de aprender. Gosto de saber que nem sempre a razão esta do meu lado, e fico tão feliz quando alguém consegue me mostrar isso.
Por isso que quando eu digo que fico feliz em te ver feliz, você pode acreditar em mim. Qualquer dia desses eu vou saber como te agradecer por não me deixar desistir da minha própria vida, e o que é mais louco, sem ter que fazer nada para evitar além de me mostrar verdade no olhar e no conforto de um abraço.
Eu já tive vergonha de chorar por alguém.
Já tive vergonha de mostrar minha sensibilidade e admitir que a vida não anda tão boa quanto as novelas mostram ser. Não que eu me orgulhe dessa fase, mas aprendi a aceitar que se não fosse passar pelo que passei eu não estaria hoje pronto pra você.
Eu não me contento em só te ver feliz.
Vivo com a consciência de que tenho que fazer com que a nossa história seja especial para nós dois, por nós dois.
Não me passa pela cabeça ter que te imaginar longe de mim. E se quiser chamar de egoísmo, chame, chame do que quiser, acontece que o tempo ensina a gente a encontrar valor no que realmente merece e não no que queremos. Talvez a gente se mereça.
Eu não me vejo dependente de você, mas ao seu lado eu me sinto estimulado a ser alguém melhor e consigo ver que não tenho motivos pra pular de cima da ponte, como eu tentei tantas vezes.
As coisas andam tão estranhas que a gente tem medo de acreditar no lado bom de todas elas. É difícil confiar quando uma coisa dá realmente certo. São tantos motivos e exemplos para crer que na verdade tudo é tão forçado, que as pessoas só fazem coisas por objetivos e não por sentimentos, que custa a acreditar que o coração ainda bate involuntariamente; tudo leva a crer que algumas pessoas fazem com que o coração bata propositalmente. Mas nisso eu não quero acreditar.
Tenho medo de falar essas coisas você. Eu ainda tenho medo de me entregar de uma vez, tenho medo de me doar pra você e correr o risco de você usar tudo isso contra mim qualquer dia desses. Tenho medo por já ter vivido algo exatamente assim e acho que não estou preparado para viver tudo outra vez. O que vai na contramão dessa minha intenção é cada batida que o meu coração dá quando a gente se vê. É que a sua companhia me traz paz e o som da sua risada se tornou minha música preferida.
Outro dia fiquei pensando sobre o que acontece comigo quando estou com você. Lembrei que fazia tanto tempo que eu não gostava assim de ser gostado.
Tem vezes na vida que a gente sente saudade de que sintam saudade da gente.
Eu também não espero que entenda essas contradições sobre minhas intenções e as coisas que tenho feito por nós dois. Eu ainda estou machucado demais.
É difícil ter que passar sem ninguém na rua que a gente já passou com alguém.
Dói feito faca no peito ter que trocar o nome na agenda do celular. Quando a gente chora parece que a lágrima rasga o nosso rosto de tão pesada. Eu lembro bem como é viver tudo isso.
O lado bom é que todas as coisas ruins que já passei significam todas as coisas boas que eu também tenho chances de viver com você. Por isso eu me permiti te beijar naquela nossa primeira vez. Eu vi no seu jeito uma chance de acreditar que a minha vida não acabou no passado. Sem saber muito bem por quê, eu gostei de me sentir amparado quando você me disse que se eu precisasse de ajuda, você estaria lá.
Mas eu também não quero que me veja como vítima e como alguém que tem a maior parte da vida recheada de sofrimento. Te contar os detalhes dos meus medos é uma tentativa de me aproximar ainda mais de você. Não pense que é fácil.
Eu te escolhi pra contar sobre os meus sonhos interrompidos. Te escolhi pra ouvir o jeito que você vê a vida.
E à essa altura eu não consigo mais voltar atrás. Eu já não consigo desfazer o tempo e voltar para o último dia antes de você entrar na minha vida. E na verdade eu nem quero também. Eu já não consigo fingir muita coisa e a pose de uma pessoa fria tem caído por terra um pouco a cada dia. É novidade pra mim compartilhar das minhas opiniões e ouvir alguém dizer que concorda, e que quando não, mesmo assim consegue mostrar que eu posso sempre pensar diferente.
Estou longe de ser quem eu gostaria de ser,
mas vou gostar se você continuar me ajudando a ser alguém melhor pra mim e pra você.

CURTA: http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois <3

Anúncios

Uma resposta em “Pra Mim Ainda Não é Fácil Assim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s