Não Tem Muito o Que Enrolar


(leia sempre ouvindo a música, é importante)

Bateu.
Hoje me bateu uma saudade que eu não consegui controlar direito.
Não tem muito o que disfarçar ou inventar outras palavras para definir: é saudade mesmo.
Eu sei que é bom ver a vida correndo, mas é uma pena ver que algumas coisas não vão voltar nunca mais. É ruim porque a gente começa a pensar no que poderia ter feito pra tentar evitar o fim, mas isso nada mais é que uma tentativa desesperada de reviver algo que já passou.

É difícil ter que lidar com uma rotina nova quando a antiga nos garantia sorrisos.
A gente não considera que sorrisos ainda melhores estão por vir, a gente só quer os que a gente gostava. E continua gostando.

Eu gostava tanto do jeito que você falava o meu nome. Eu gostava tanto do jeito que a gente se chamava no diminutivo, sabe? Aquelas coisas de casais melosos tão boa de se viver que nem o mais duro dos corações consegue enfrentar.

Já faz um tempo que tudo acabou e eu venho tentando aceitar.
E por mais que digam que depende de mim, só eu sei como é difícil ter que me acostumar com a sua ausência e ter que me acostumar com a a falta das suas opiniões sobre tudo em minha vida.

Eu sinto tanta falta. Eu sinto tanta saudade.
E não há palavra bonita que possa disfarçar o que a gente sente.

Às vezes eu penso em te ligar pra saber como você está de verdade pois ler as coisas que posta na internet não é a mesma coisa, ainda mais porque eu leio cada palavra como se você tivesse falando no minha frente. Não penso em te ligar pra te pedir pra voltar – por mais que eu gostaria – queria ligar pra saber como vai a sua vida, se realizou novos sonhos e se tem conseguido tirar os planos do papel como sempre quis. E como eu sempre apoiei.

Já passei da fase de me rever e enxergar todos os meus erros na nossa história.
Pra sempre eu vou te agradecer por isso, pois só depois de perceber a falta que você faz na minha vida foi que eu vi que eu não fui nem 1% do que você merecia.

Eu poderia dar voltas aqui e falar qualquer outra coisa para mantar a pose de alguém forte, mas não tem o que fingir e ao enganar o que eu sinto, estarei enganado a mim mesmo, por isso não tem outra palavra que possa definir a não ser saudade.

Demorei pra conseguir passar na sua rua sem mais poder descer na sua casa. Demorei pra não me abalar ao ouvir o seu nome por outras pessoas. Demorei pra não me importar tanto ao ouvir as músicas que você tanto gostava. E na verdade as coisas ainda não estão 100%, até porque nunca estarão, a gente sempre vai tentando.

Se um dia eu pudesse te falar todas as essas coisas, a primeira delas seria que eu não estou te pedindo pra voltar e que sei que o mundo girou pra nós dois, eu só estou falando que hoje você me faz muita falta e eu não gosto de mentir pra ninguém, muito menos para o meu próprio coração. Também não sei como você reagiria ao saber dessas coisas. Talvez você choraria na minha frente por eu detalhar coisas que a gente fazia, talvez você nem ia se importar e ia sentenciar que passou. E na verdade eu nem quero muito saber. Hoje eu só sinto.

Hoje eu aceito que está difícil pra ver se um dia fica mais fácil.

E não vai ser por falta de tentativa.
Eu não vou tentar te apagar da minha vida, até porque isso seria a maior bobagem que eu poderia fazer. Mas eu vou tentar dar um passo a mais depois do primeiro, eu vou tentar parar de reler as coisas que a gente escrevia um pro outro, eu vou tentar parar de visitar seu perfil nas redes sociais, vou tentar parar de relacionar as músicas que eu ouço à você, eu vou tentar viver mais por mim e menos por você mesmo sem te ter.

Só que hoje é saudade.
Um dia você foi amor, ontem você foi dor, mas hoje você é saudade. Amanhã será lembrança, eu sei.

É isso.
Cada segundo falando sobre você, falando sobre o que passou, é um minuto a menos pra eu ficar mais perto de alguém novo e do que está por vir, que aliás, é só o melhor.

Mas hoje eu ia gostar de te dar um beijo de saudade.
Era bom.

http://www.facebook.com/umtravesseiroparadoisCurta! =)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s