#pra #você #é #muito #importante

Eu não sei se gosto mesmo de você.
Mas aos poucos tenho parado pra pensar se eu realmente gosto ou se é só uma carência na qual te escolhi pra me ajudar, seja lá qual for o motivo disso.

Pra me ajudar a ter certeza do que sinto, comecei a reparar na sua vida.

Vejo pela internet todas as coisas que você gosta de fazer.
Vejo o quanto é importante ter uma baladinha no fim de semana e ter uma foto bonita para postar falando “que comecem os trabalhos”, enquanto eu já fico feliz se alguém me chama pra comer esfiha ou pra andar de bike. Vejo que pra você faz diferença fotografar e postar a roupa nova que comprou, aparentemente valorizando qual marca é, já eu, eu nem lembro a última vez que comprei uma roupa nova e quando compro prefiro não mostrar pra não “cansar as pessoas”, pois quando a roupa é nova eu não paro de usar. Vejo que você gosta de mostrar onde vai, fazendo check-ins nos lugares mais descolados e eu mal sei falar a palavra “check-in”.

A primeira impressão só fica se a gente quiser.

Pensando nisso que eu tentei puxar assunto com você e te conhecer um pouco mais.
Lembro quando perguntei quais filmes gosta, você disse que filme é chato demais e que sente sono quando precisa ler legenda.
Eu não entendi muito bem, porque pela sua resposta, pareceu que me referi a filmes mega intelectuais, mas eu só comentei de filmes, se você gosta de ver, nada demais.

Te chamei pra jantar e você disse que isso era chique demais e que preferia um bar.

Eu ri porque a impressão que me deu é que te chamei pra jantar em um lugar chique que precisasse de uma roupa ainda mais chique, onde teríamos uma orquestra particular, garçons que falam duas línguas e a água custando R$ 9,00. Eu só te chamei pra comer: um pastel ou uma pizza, de um jeito ou de outro, é um jantar. Comer a noite é jantar.

Quando você respondeu que preferia um bar a minha cabeça deu um nó. É que fiquei em dúvida se eu estava sendo chato ou coxinha demais com os meus assuntos e convites.

É sempre melhor falar o que quer do que o que querem que seja dito.

Bem que eu poderia entrar na sua onda e falar sobre coisas normais só pra te agradar.
Eu poderia te chamar pra uma balada open qualquer coisa no fim de semana; eu poderia falar que tenho VIPs pro show do momento, sei lá, qualquer coisa do tipo. E não significa que estou te julgando, mas que, em tese, essas coisas são praticamente irrecusáveis e todo mundo tende a aceitar.

O meu problema não é o quão profundo sou, mas sim o quanto eu gosto de me aprofundar.

Se fosse pra eu me basear na sua beleza seria muito fácil.
Você está na categoria das pessoas que possuem uma beleza indiscutível e um corpo em dia, mas percebi que pra mim isso não quer dizer muita coisa não. Reparo mais no bom gosto no tênis do que no tamanho do seio.

Não lembro bem, mas a gente chegou no assunto de falar sobre o “futuro”.
Eu disse que não gostaria de parar de estudar e que quero me dar bem profissionalmente para comprar uma casa e poder viajar pelo mundo. Você disse que o seu foco é no #projetoverão e que está ansiosa pela viagem do carnaval que se aproxima.

Vai ver eu fui impreciso demais no que significa “futuro”.

A gente até vive sem oxigênio, mas sem interpretação de texto não dá.

Então o assunto morreu em um daqueles “a gente marca qualquer dia”, que claro, nunca vai chegar.

A nossa conversa me fez pensar nessa experiência que é conhecer um pouco mais de alguém.
Acho que me atraí bem mais pelo tipo de pessoa que você parecia ser do que pela pessoa que você realmente é. E isso não quer dizer que você é uma má pessoa, pelo contrário, mas sim que apesar das diferenças serem valiosas, não adianta a gente insistir em coisas que não vão nos trazer conforto. E só dá pra gente ter certeza disso quando a gente tenta.
Vai ver você me vê como um coxinha que só pensa em coisas cult, come em lugares chiques, ouve músicas que ninguém gosta, passa o fim de semana vendo filmes e coisas do tipo. Quando na verdade eu só gosto de conhecer mais coisas que as cotidianas, gosto de comer em lugares novos e que não sejam caros, ouço músicas que me tocam e não só as fáceis de decorar, passo o fim de semana vendo filmes e indo ao parque – quase sempre com meus amigos.
Mas não faz mal o que você pensa de mim, a verdade é que aparentemente a gente não ia se encaixar muito bem.

Nós dois tiramos fotos do pôr do sol, mas eu gosto de falar o que senti com a foto e você #gosta #de #mostrar #como #a #sua #foto #é #bonita.

As diferenças se completam mas também despertam.

CURTA a página no Facebook! 
http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

ps.: Muito legal os comentários novos, obrigado!
Para quem quiser, fique à vontade para comentar nos posts – pode ser anonimamente, caso queiram -, mas assinalem a caixa para acompanhar a conversa na resposta. =)

Anúncios

16 respostas em “#pra #você #é #muito #importante

  1. As vezes pessoas sao vazias.No sentido de: nao quererem se encher! Tem gnt q nao se interessa pelo outro,e a verdade é q td mundo quer que alguem se interesse pela gnt,msm q td q ela tenha pra contar é q ama comer pao e tomar leite. Mas esquece q quem ta ouvindo pode adorar geleia,sabe? Kk ta meio estranho,mas acho q da pra entender. Nao faz mal conhecer o novo. Mesmo que seja algo ruim,so nos finca se deixarmos.

  2. Eu só gosto de gente q gosta de conversar.
    De contar a vida,conta caso,de jogar conversa fora
    Gosto de quem n tem barreira,de quem mostra a alma
    De gnt aberta,de mente aberta e o essencial,de coração aberto!
    Pronto pro q vier,sem frescura.
    Nao me interessa gente desinteressada
    Mesmo q eu me interessando neles,n tarda a eu parti pra outra,afinal,tem coisa mais interessante de eu conhecer por ai.

    • Justamente, Vivi.
      Concordo com o teu jeito. Tem gostar de coração aberto e sem preconceito.
      É que tem gente que faz manha ou mantém uma aparência sabe-se lá porque. Mas essas pessoas são vazias e isso é uma pena.

      Obrigado pelo comentário,
      beijos

  3. gosto muito daqueles textos “Up” como o “Você terá tudo, menos o que tanto deseja”..na minha opinião foi o melhor texto até agora. Parabéns pelo seu trabalho e faz mais algum texto Up plxx kkkkkk Abração!

  4. Poxa Márcio, hoje mesmo eu comentei sobre isso com um menino que estuda comigo. Nós gostamos muito um do outro mas mas eu sou alguns anos mais velha. Estávamos falando sobre como seria se a gente namorasse e chegamos a conclusão que nunca daria certo porque vivemos em sintonias diferentes. Não é ser bom ou ruim, é ser apenas diferente mesmo. E isso não quer dizer que aquela pessoa não pode ser sua amiga ou que vocês nunca vão se dar bem. É questão de sermos apenas diferentes mesmo. Amei o texto. Parabéns. E como sempre você leu meus pensamentos. Beijinhos.

    • Sério, Carla?

      Eu concordo completamente!
      É claro que há exceções, mas tem insistências que podem ser evitadas. A gente percebe rápido quando uma coisa completa e a gente e quando não, né? MAS, às vezes, pode ser tudo uma questão de se permitir ver diferente. =)

      beijos e obrigado!

  5. Eu realmente fico impressionada com o sue dom de passar cada sentimento por menor e inexplicável que seja pro papel.
    eu te admiro muito e muitas vezes lendo o seu texto tomei atitudes ou deixei de tomá-las e elas realmente mudaram muita coisa no minha vida!
    Parabéns de verdade pelo seu trabalho e saiba que você da força pra muita gente inconscientemente!

  6. Eu não fazia ideia da existência do Blog até 1 hora atras quando um amigo em forma de divulgar seu evento convidou os amigos dele e eu estava no meio, entrei no blog e comecei a ler o primeiro texto, e assim fui descendo, quando me dei conta estava a 1 hora lendo seus textos…
    Parabéns, mais que merecido o lançamento do livro, não sei se irei ao lançamento, mas certamente vou comprar um, lhe desejo muito sucesso e mais uma vez, parabéns!!

  7. Ola, sou apaixonadamente apaixonada pelos os seus textos …. hihihi. Faz um tempinho que não comento :/

    Enfim, me identifiquei muito com esse texto. É exatamente isso que estou passando nesse exato momento da minha vida, parece que você escreveu tudo o que eu estava sentido …. Só que no texto, eu sou o homem hahaha, :S

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s