Vai viver assim ou vai viver melhor?

Esse negócio das “coisas darem certo” é difícil demais, né?
Na nossa cabeça, “dar certo” significa viver aquela história de amor eterno dos filmes. Mas ora, por mais baseados que sejam, os filmes são reais?

A gente tem mania de viver atrás da vida perfeita e esquece que a felicidade está no fato da vida ser imperfeita.

Por muito tempo eu me culpei pelas coisas que fiz, que falei e que deixei de fazer. Não deixei minha vida parar, mas também não a respeitei de um jeito que hoje eu penso ser justo. Sem problemas também, era a minha margem de imperfeição sobre o que é viver, era eu mergulhado em uma certeza que cega que fazia sentido pra mim.

A melhor coisa de estar vivo é saber que amanhã será um novo dia.

Para todos os efeitos: é bom saber que o amanhã vai chegar.
E se o amanhã no caso tiver a ver com dor, cabe mudar a forma de ver e pensar que um dia mais longe do que queremos é um dia mais perto do que merecemos. E isso é o que vale a pena.

Bem, apesar de todos os meus erros, na medida do possível eu segui tocando a minha vida vivendo as coisas que me fazia bem e me inspiravam. Muita gente me apontou o dedo pra me dizer o que é o certo, mas poucas foram as pessoas que me estenderam a mão pra me ajudar a ver o que é o certo pra mim. Então, dentro disso, pouco a pouco eu vi o mundo girar e pude sentir cada segundo passar como navalha no meu rosto.

Foi bom me machucar pra agora ver aquela dor cicatrizar e me lembrar de tudo que eu preciso evitar.

As coisas começam a mudar quando a gente enxerga que é preciso mudar. Há quem nos ajude aqui ou ali, mas a força maior está e sempre estará dentro de nós mesmos.
Hoje me lembro de palavras bonitas que usei pra resumir o que eu acho do que é bom nessa vida e, não me arrependo, mas agora eu procuro conhecer novas palavras para definir coisas ainda melhores que estou vivendo.

Hoje eu procuro alguma palavra que resuma a importância que você tem na minha vida.
Vou te falar que estou cansado de procurar e talvez eu use os apelidos que te dei como uma forma só minha de te provar como a minha felicidade depende da sua.
Me sinto bem em poder continuar fazendo as coisas que amo de um jeito melhor do que já fiz um dia, de um jeito que me deixe feliz, de um jeito que te orgulhe e te motive a continuar comigo me fazendo feliz como em nenhum dia deixou de fazer.

É na dor que rasga o peito que chegamos mais perto do coração.

O negócio é aproveitar o corte que sangra sem parar e chegar mais perto do que somos e do que nunca poderemos deixar de ser: nós mesmos. É no nosso coração que mora a raíz do que somos e de todos os sentimentos que queremos viver nesse mundo.

Sabe, chega uma fase na vida, independente de idade, que um botão aparece na nossa cabeça do tipo: “E aí, vai viver assim ou vai viver melhor?”. É um botão isento de julgamentos, pois muitas vezes nós precisamos viver as coisas que vivemos por mais estranhas que pareçam ser, mas é um botão inspiracional, um botão que nos mostra que dá pra ser melhor do que está sendo, que dá pra ser mais feliz do que já pensamos ter sido um dia.

Hoje eu gosto de morar no teu abraço de bom dia.
Gosto de tocar a sua pele e sentir arrepio só pelo jeito que me olha. Hoje eu gosto de fazer as coisas que mais gosto agora com a sua companhia pra deixar tudo ainda melhor.

Você me mostrou que eu teria vez nessa vida e que por mais longa que fosse a queda-livre que eu pensei estar, mais forte a sua mão me segurava pra me ajudar.

Hoje eu gosto de fazer de nós dois um só.
Gosto de te ter por perto pra me ajudar e gosto de saber que o teu beijo é meu e que as minhas palavras preferidas hoje são só suas. E que as novas também. E que os apelidos também.

Apesar de tudo, hoje eu prefiro não me lembrar de tudo que já fui um dia, prefiro me concentrar em tudo que vou ser ainda e em tudo que posso fazer pra te ver mais feliz do que já foi nessa vida.

CURTA: http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois
COMPRE: Compre agora o seu livro “Um Travesseiro Para Dois”: http://migre.me/hdGiY

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s