Antes de mais nada eu quero me desculpar

Quero pedir desculpas pra você que já passou pela minha vida, infelizmente de um jeito que eu não pude retribuir. Eu sou essa mudança constante todos os dias e gosto de ser assim. Renasço em cada nascer do sol. Mas o fato de eu poder mudar dessa maneira não necessariamente é um motivo pra eu me orgulhar, é sim algo para eu considerar e respeitar, mas o tempo me mostrou que quando as minhas mudanças influenciam a vida de outras pessoas, a partir daí então eu preciso saber respeitar.
Eu sei que já fiz alguém chorar. Eu sei que já falei coisas que eu não precisava falar e fiz coisas que eu não precisava fazer, por isso eu quero me desculpar.

Pode parecer que não, mas eu lembro de cada pessoa na qual já dediquei parte da minha e que tenha feita isso por mim também. De uma certa maneira me dá uma raiva por eu não ter conseguido retribuir tudo que pra mim foi sentido por algumas dessas pessoas, mas eu posso mentir pra mim, só não pro meu coração. As minhas voltas pra casa foram de alívio, mas eu sei que as voltas pra casa de quem ouviu de mim que não dava mais pra continuar foi terrível.

A gente sabe que nas escolhas da vida nem todos saem ganhando. mas a gente esquece.

Me invade uma coisa boa ao lembrar e reconhecer os esforços que já fizeram por mim. Me lembro bem. É bom saber que tem alguém a fim de compartilhar a própria vida com a gente. Esse tipo de coisa dá uma sensação boa de “eu não sou assim uma pessoa tão ruim”, pois é muito legal conhecer uma outra pessoa legal que tenta fazer com que nossos dias sejam melhores.
Por isso, apesar das coisas nem sempre saírem como ambos planejam, eu sei valorizar e essas pessoas eu nunca vou esquecer.
Quando falei no começo que eu queria me desculpar, é porque eu sei que parte da culpa de muitas histórias que vivi não terem dado certo é minha. Só que esse é o tipo de coisa que só entra na cabeça com novas experiências. Não há receita sobre como se comportar em cada história, exclusivamente porque estamos falando de histórias entre pessoas diferentes, que pensam diferente e gostam diferente. Mas isso não é motivo que justifique tudo. Eu já errei e errei feio. Já perdi a paciência quando não precisava, já vi o meu ciúmes me dominar, já deixei de me preocupar, já tentei me vingar, já fiz um monte coisa de que resultaram em tudo, menos em algo bom pra mim ou pra quem estava comigo.
Você que já passou pela minha vida: eu lembro do seu beijo. Eu lembro como foi que a gente começou, eu lembro de como você me olhava e do tempo que durava o nosso abraço e lembro também de como você me falava que a nossa história te fazia bem. E enquanto existia em mim alguma motivação pra continuar, eu sempre gostei de viver essas coisas e de sentir essa coisa boa por mim, mas agora eu quero me desculpar.
São desculpas que talvez um dia poderei falar pessoalmente, mas que por enquanto são transmitidas em forma de bons sentimentos, pois se alguns de vocês eu não vejo mais, o que me resta é direcionar a minha força de vontade pelas coisas boas aqui de longe. O pensamento tem poder.
Errei pela falta e errei pelo excesso.

O lado bom de me rever dessa maneira e de tentar me desculpar sobre todas as merdas que eu já fiz e falei é agora eu posso melhorar. O lado ruim é que talvez não com alguma das pessoas com quem já dividi a minha vida, mas com uma nova que está por vir, e que por mais que não venha assim tão breve, eu posso melhorar por mim mesmo, numa tentativa de me preparar ao ser uma pessoa melhor pra quando alguém novo aparecer.
Eu estou longe de ter perfeição, mas estou muito perto de aprender. Todos os dias.
Tenho em mim uma inquietação em procurar ser uma pessoa do bem e espalhar essas coisas boas com todos que converso.
Obviamente ao falar das desculpas que eu gostaria de pedir por quem já passou pela minha vida, significa que em algum momento eu vou colher pelos erros que cometi, é o tal do plantou, colheu. Só que ao invés de pensar no que de “ruim” eu venha a viver nessa vida pelos erros que cometi, hoje prefiro me preocupar em reconhecer com o coração que eu também errei muito e errei feio. E que eu não quero ser os erros que já fui um dia! Não se trata de um apelo para que a vida não “dê o troco” pra mim, pois eu preciso ser humano pra reconhecer minhas falhas e pra aprender com cada uma delas, seja como a vida quiser me ensinar.

As experiências nos fazem diferentes.
Não quero dizer que por isso é preciso sair por aí atrás de mil histórias pra colecionar. É possível aprender todos os dias com a mesma pessoa; dá pra ter muitas experiências com quem você gosta. Se é o amor que buscamos, é no amor que devemos confiar e uma história real, onde os dois aprendem, só resiste se tiver amor, do contrário ela deixa de ser uma história e passa a se tornar um acordo entre duas pessoas viciadas a se tolerarem.
Se as experiências são o que nos fazem diferentes e todo dia nasce um sol novo pela frente, significa que todos os dias temos uma nova chance de fazer melhor que ontem.

Todo mundo aprende, o que muda é a velocidade do aprendizado.

Talvez eu tenha errado tanto por querer que tudo fosse do jeito que eu gostaria e não do jeito que deveria ser. É uma mania de todas as pessoas em querer controlar a vida.
Só que hoje eu já me sinto uma pessoa melhor. Hoje me fez sentido pensar que se eu tive um dia maravilhoso com alguém, a missão é fazer com o próximo dia seja ainda mais maravilhoso e não só me contentar com o que “estamos bem”, a busca é pelo “estamos cada vez melhor”. Hoje me faz sentido pensar que se as coisas não vão bem eu tenho algumas escolhas a fazer: – primeiro eu posso me rever e enxergar onde também errei, – segundo que eu devo valorizar os esforços de quem está comigo em melhorar, – terceiro que o que está em jogo numa relação não é só a vida de um deles, mas a história que os dois escrevem. E dentro dessa história não pode ter lugar pra covardia e pensamento mesquinho; é necessário pensar por dois.
Me desculpe passado e que bom que tive você pra me fazer melhor no presente.

Anúncios

4 respostas em “Antes de mais nada eu quero me desculpar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s