Um frio na barriga pra chamar de meu

LEIA OUVINDO:

Não precisa se esforçar muito não,
já vou gostar se conseguir fazer do mínimo algo pra gente comemorar.
Eu não quero ter motivos meus pra celebrar, quero construir com você os nossos próprios motivos.
Pra me ganhar não precisa de muita coisa não, alguns abraços sem hora pra acabar e uma mão no cabelo quando eu precisar já cumprem o papel de me chamar a atenção, sabe?
Talvez por falar isso pareça que estou ridicularizando os esforços que podemos fazer por alguém, mas não vejo assim. Mas não é por aí.

Prefiro que o mínimo seja feito na intenção do que o máximo na obrigação.

Meu brilho no olhar é mais incontrolável que o meu coração.
Isso quer dizer que tenho riso frouxo, às vezes com pouco eu já me sinto contente. E também não se trata de gostar de migalhas, se trata de valorizar o que se tem ao invés de reclamar pelo que se quer ter. Do contrário disso, também tem o fato de eu não conseguir me animar muito com ideias que valem cifras incríveis se o beijo a gente não conseguir completar.

Por isso você não precisa se preocupar em me impressionar.
Mais importante do que me contar o quanto viajou é me mostrar o quanto é capaz de fazer a gente viajar sem sair do lugar.
Será que estou conseguindo explicar do que eu gosto nessa vida?
Pensando aqui, talvez eu esteja falando a mesma coisa de formas diferentes, talvez se eu falasse que gosto mesmo é das “pequenas coisas” eu nem precisaria contar todo esse resto com essas versões. Mas sabe, eu gosto de ajudar.

A certeza do que eu gosto é o que me distancia do que me faz mal.

Isso quer dizer que eu não vou dar abertura pra viver coisas que só vão me dar dor de cabeça. Prefiro ter clareza sobre o que é bom pra mim e direcionar meus esforços nesses sentido.

No fim, eu só quero ficar bem, melhor ainda se for com alguém.

Se você for daquelas pessoas que gosta de telefonar, eu juro que vou gostar, mas se for daquelas que preferem uma SMS, em nada vai atrapalhar.
De alguma maneira, eu juro que sempre vou achar algum motivo pra ficar feliz por algo que fizer por mim, nem que seja lembrar todos os dias daquele seu “sim”.

Vou ficar sinceramente contente se você me inserir nos planos do fim de semana. Se me escolher pra contar alguma parte exclusiva da sua vida então, nem se fala.
Talvez a gente brigue algumas vezes por não conseguir se entender direito, mas se isso acontecer e for por isso, acredite em mim, vai ser sempre na melhor das intenções.

Minha teimosia em ser feliz é maior que a minha humildade em aceitar a tristeza.

Então assim, quando a gente brigar, vamos combinar que vai ser sempre melhor a gente sentar e ouvir o que o outro tem a dizer. Não para querer convencer, mas pra evitar piorar. Talvez a gente nem se entenda e por isso mesmo a briga nem vá pra frente, mas talvez algum de nós entenda melhor, facilitando pra nós dois. Ceder não é submeter, é aprender.

Espero que goste de mordidas no meio do beijo.
Se você curtir uma massagem nas sextas à noite, você também vai ganhar e muito.
Nos shows que a gente for eu não vou me importar muito em você insistir em ir mais perto do palco; no meio daquela muvuca toda. Desde que não reclame dos gritos que eu der também.

Não precisa se esforçar muito não, viu?
Se você garantir que tudo o que fizer pra gente será feito com amor, não necessariamente amor por mim, mas o amor que gostaria que fizessem por você, eu já vou gostar.

COMPRE: Compre agora o seu livro “Um Travesseiro Para Dois”http://migre.me/hdGiY
CURTA:
 http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

Anúncios

7 respostas em “Um frio na barriga pra chamar de meu

  1. Muito bom! Todos os textos são excelentes! Aborda os assuntos de uma forma clara, simples e, de alguma maneira, faz com que todos que leem se encaixem no contexto. Rs. Já vou procurar o livro! Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s