Deixa eu te falar umas verdades

Eu vejo em você alguém que já passou por alguns bocados.
Dentro desses bocados, alguns foram bons, outros nem tanto.
Isso não te faz nem melhor ou pior que ninguém, isso te faz você.
E é assim sendo exatamente como você é que você tem mudado o mundo devagar.
Eu sei que tem dias que esse mesmo mundo conspira contra tudo,
e que a vontade de mandar isso tudo à merda é grande,
só que maior que essa vontade, eu sei também que é a sua vontade de viver
coisas pra temperar a vida mais com sorrisos do que com lágrimas.
Não que eu queira adivinhar quem você é,
mas essas são algumas coisas que deu pra perceber no meu primeiro “Oi” com você.
Lembro que rapidamente ficou claro como você batalha para que
a sua opinião seja a última a perdurar. E achei graça nisso.
Você também gosta de compartilhar dos refrões que mais fazem sentido pra você,
e sem querer, consegue inspirar as pessoas ao falar sobre isso.
Você sorri.
Aponta com o olhar pra onde gostou e não pensa duas vezes para exibir um =).
mas também não hesita em usar o mesmo olhar para reprovar alguma coisa.
O jeito que o seu cabelo fica quando brilha no sol dá pra perceber que é alguém diferente.
Isso te faz especial.
Ser do jeito que você é te faz uma companhia gostosa pra compartilhar.
Também dá pra perceber isso no jeito que você abraça.
É engraçado mas os seus braços envolvem de um jeito que não dá vontade de parar.
Entenda, não quero romantizar de um modo clichê o jeito que eu te vejo,
mas esses são só alguns detalhes que podem passar despercebidos a olho nu,
mas que dá pra sentir no ao presenciar você mexendo no cabelo.
Dá pra encontrar valor nas suas entrelinhas recheadas de energias positivas.

De um jeito ainda primário já consegui ver parte da dor que viveu.
Sem detalhes pra comprovar, mas com um coração no lugar
é possível entender que de todas as coisas que você precisa nessa vida,
a última delas é de novos motivos para exibir mais choro do que riso.
A felicidade não é um privilégio só seu,
mas é um direito que você merece desfrutar.
E a propriedade pra dizer isso vem de como você enxerga as pequenas coisas.
É bonito ver como você compartilha de uma coincidência de cores em um dia qualquer
e posta foto pra mostrar como achou diferente.
Ou fotos de frases em muros dessa cidade. Você gosta de mostrar o que faz bem!
Tem também a lista de filmes que diz já terem te feito emocionar e cujo os quais
indica sem pestanejar: “Você precisa ver esse filme, é sensacional”.
Indica num tom como se a vida fosse ser dividida e isso é legal de sentir.

Por essas e por algumas outras é que dá pra sentir alguns dos bocados que já viveu.
Não é qualquer pessoa que vê beleza em coisas em que todas as pessoas só veem; não é qualquer pessoa que dá carinho só por carinho fazer bem a alguém; não é qualquer
pessoa que parece dormir sorrindo.

Você não é qualquer pessoa e imagino não ser eu quem te fala isso pela primeira vez,
mas caso sim, não me importo em te lembrar de algo que deveria saber e que é bonito
em você. É que ao saber que o seu dia teve momentos que te impediram o riso, já é algo para lamentar, pois se tem algo que o mundo precisa de você é da sua forma de ver a vida.

valorize

Em Dezembro de 2013 lancei o primeiro livro desse blog: “Um Travesseiro Para Dois”
Você pode comprar a sua unidade – e conferir fotos do lançamento – na fanpage do
blog no Facebook! Aproveite e curta também! :)

COMPRE O LIVRO | LEIA TEXTOS EXCLUSIVOS: http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

Anúncios

19 respostas em “Deixa eu te falar umas verdades

  1. Nossa, queria eu ter escrito este texto. Se eu não soubesse que não foi eu, eu – com certeza -falaria que era pra mim. Meio confuso, mas ok. Não fui eu quem escrevi e nem foi pra mim, mas se encaixa e faz pensar.

    Enfim. Adorei.
    Parabéns.

  2. Eu fui lendo o texto e meus pensamentos contrastavam entre: “- Caramba, tá falando de mim! …ah, mas foi um texto escrito pra todo mundo”; “Nossa, igualzinho à mim, que acalento pro coração… mas será que todo mundo é assim?”; “Geente, que lindooo!”. Tô confusa sobre o modo como posso a partir de um texto me enxergar de uma forma tão positiva e mesmo querendo discordar, e enfiar na minha cabeça que você não me conhece, não consegui. Nem sie se me expressei bem, acho que faz parte da confusão causada. Beijos, e obrigada!

  3. Parabéns pelo seu post é emocionante a ponto de tocar até as almas mais brancas, a música faz parte do ritual sagrado e isso faz com que pessoas fiquem tocadas adorei, continue fazendo isso você faz e faz muito bem hehehehehehe.. ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s