Fui embora sem nem entrar na sua vida

Você nem me deu chance de me aproximar.
Quando eu tentava puxar assunto você fazia questão de fugir.
Eu fico triste em sair da sua vida antes mesmo de entrar.
Nem tive tempo de concluir uma opinião sobre você.
Você não me deu chance de te conhecer.
O foda é que eu comecei a me perguntar:
“Será que meu papo é tão bosta assim?”
“Será que eu realmente não sou uma pessoa interessante?”
A gente não tem ideia do efeito que podemos fazer na vida das pessoas.
Para o bem e para o mal.
Nossas atitudes ou a falta delas podem deixar marcas por dias. Ou vidas.
Eu nem tive tempo de pensar se realmente gostaria de ter algo com você. Antes de qualquer coisa eu gostaria de ter te conhecido um pouco mais.
Leio nosso histórico e vejo o seu “mensagem visualizada” no meio do assunto e aquilo me corta o peito feito navalha. Você não tem a obrigação de se interessar por mim, mas acho legítimo se pelo menos conseguisse respeitar o tempo que dediquei pra você. Nas vezes que te chamei pra conversar era com você que eu gostaria de falar, poderia ter chamado qualquer outra pessoa, mas escolhi você pra falar sobre qualquer coisa.
Talvez você seja mais uma daquelas pessoas que se escondem num passado sofrido e em algumas experiências que não deram certo, e por outro lado, aqui estou eu, também cheio de histórias tristes e medos pra contar, mas a nossa diferença é que muito além de pensar sobre o quão difícil é superar isso, eu sempre procuro recomeçar, sempre tento manter minha vida ativa e com novidades que me empolguem.

Eu me coloco no seu lugar. Já houve vezes em que ignorei algumas pessoas que se aproximaram de mim, mas como eu disse, isso pode acontecer, ninguém tem a obrigação da gostar de ninguém, mas em todas essas vezes que mencionei, fui honesto e encontrei um jeito de deixar claro que aquilo não me interessava para a pessoa não continuar se esforçando em vão. O que eu fiz? Não tem receita. Mas eu me afastei devagar, não deixei perguntas sem respostas, mas fui sucinto em todas elas.
Só que você preferiu me deixar aqui perdendo tempo com você. Como se eu tivesse uma vida inteira pra te esperar, como se eu fosse obrigado a ter que engolir o seu jeito. E sério, eu não sou, ninguém é.
Naturalmente fico pensando em quantas pessoas já estiveram no meu lugar com você, em quantas pessoas estão esperando até hoje uma resposta sua. Você não tem o direito de controlar vidas – e é claro que sabe que controla! Ter alguém sempre conversando com você é alguém que te colocou dentro da própria vida e qualquer um enxerga isso.
Eu te vejo postar músicas e fotos e penso: “será que vai mesmo ignorar tudo que eu disse?” e é isso que você faz, você simplesmente ignora, afinal, eu nem cheguei a fazer diferença na sua vida, afinal, se eu passar 1 mês sem postar nada e estiver morando a 7 palmos do chão, também não vai te fazer diferença, afinal, pra você, o mundo todo gira ao seu redor, é esse mundo que deve ter servir e fazer seus gostos. Você não sabe a merda que está fazendo com as pessoas! Você não sabe como me fez passar! Você nunca vai fazer ideia do quanto!
Eu sei muito bem que isso tudo pode parecer exagero aos olhos de fora, mas eu quero que se foda, o que eu quero dizer e gostaria muito de esfregar na sua cara é que você não tem o direito de fazer as pessoas de idiotas com seus caprichos. Você não tem o direito de pensar que o seu “ah, depois respondo” e nunca mais responder é aceito da forma que imagina por todas as pessoas.
Eu só queria ter conversado, eu só queria ver até onde essa conversa ia dar, mas você mal me deixou explicar com o que trabalho. Como é que dá pra garantir que pelo menos amigos nós não poderemos ser?
Você deve fazer parte das pessoas mais covardes que já conheci. Só pode ser.
Você deve ser daquelas que só quer a vida do jeito que gostaria que fosse. Você é quem ouve refrões de saudade e se esconde atrás de cada um deles implorando pra um passado voltar, mesmo sabendo que nunca mais vai voltar. Você deve ser dessas pessoas que revê fotos e se enterra em cada uma delas, mesmo sabendo que são e pra sempre serão só fotos. Você está pouco se importando com as possibilidades da vida. Você ainda tem a moral de aconselhar os amigos sobre como podem lidar com seus próprios casos, mesmo sabendo que existem casos seus que você não soube lidar. Você deve ler e compartilhar textos cheio de indiretas, alimentando assim um ciclo super negativo de pessoas que espalham coisas que não agregam em nada, mesmo sabendo que antes de qualquer texto fazer sentido pra você, você é quem deve fazer sentido pra própria vida. Mas que diferença faz eu falar tudo isso?
Você nem me deu chance de me aproximar.
Você nem me deu chance de tentar te conhecer.
Você nem me deu chance de te dizer o quanto esse seu jeito pode te prejudicar.

tumblr_lp6dcuoTi91qbmhiko1_500

Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook:http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s