Você acaba se perdendo ao procurar alguém

O teu cabelo fica mais feio.
Você acaba não gostando das suas roupas.
As sextas-feiras são motivos de dor.
Tudo te faz perder a paciência. Os filmes não tem mais graça.
Grande bosta o show da banda x.
A segunda-feira é eternamente o pior dia.
Tudo te dá preguiça, você acaba não tendo saco pra politicagem no trabalho, e pior, acabando não tendo saco pra se dedicar ao seu próprio futuro.
Essas são algumas coisas que acontecem ao se perder de tanto procurar alguém.

Você acaba se sentindo uma pessoa feia.
A auto-estima, que já é tão difícil de se deixar no alto, acaba se enterrando sete palmos abaixo de você. Que graça tem as novidades do fim de semana, né?

O ponto é que de tanto procurar alguém você acaba se esquecendo de encontrar a si mesmo. Você acaba se esquecendo que as suas contas chegam todos os meses, pode estar você casado e com filhos ou solteiro assistindo seriados aos fins de semana, ou seja, a vida é uma só, com fases diferentes.
É uma verdadeira e grande bosta toda essa pressão que o mundo coloca na nossa cabeça; essa pressão dos refrões que enaltecem a companhia de alguém como uma dependência de felicidade; como uma condição para que bons dias possam ser vividos e não como um fase da vida onde temos alguém pra acompanhar os nossos dias e sobre como gostoso poder ser uma boa pessoa para uma pessoa boa.

A vida real é muito mais do que podemos imaginar.
A vida real não cultiva os dias só de felicidade, a vida real é feita de dias bons, dias ótimos, dias médios e dias tristes – ou qualquer outra segmentação que prefira. A vida real não acaba no “the end”. A vida real faz com o que o seu corpo que pega ônibus lotado seja o mesmo corpo deita com alguém do lado. Esta é a vida real.

É perigoso se tornar refém do que nem se tem.
Por outro lado, porém, existe um demônio na nossa vida chamado: ansiedade.
É a ansiedade que faz a gente repetir os erros que já cometemos. É ela que faz a gente querer falar “te amo” pra poder falar mais vezes, não necessariamente porque sentimos que estamos amando. É a ansiedade que faz a gente assustar ao invés de aproximar. É a ansiedade que te faz perseguir os passos da pessoa, acompanhando as coisas que ela gosta, os lugares que vai e até analisando os refrões preferidos, só pra ver onde você pode se encaixar em cada um desses momentos.

Essa é a ansiedade em ter alguém.
E aliás, ter alguém é algo que todos nós merecemos, o ponto é: existe o nosso momento pra ter alguém. Histórias demoram pra começa assim como podem acabar rápido demais. Histórias acabam rápido demais assim como podem durar 50 anos. Histórias podem durar 50 anos e depois podem terminar te fazendo recomeçar tudo de novo.

O problema é quando a ansiedade gostosa, aquela ansiedade que estimula, portanto, a ansiedade em ser feliz, te faz afundar ao invés de resgatar. O problema é quando você começa  a fazer da sua vida uma vida perfeita pra alguém mas não pra você. O problema é quando você deixa de ir ao lugar x que tanto gosta pra poder ir ao lugar y porque sabe que vai ter “alguém especial” lá. O problema é quando você posta coisas que não falam sobre quem você é mas sobre como você gostaria de ser. O problema é quando o caminho que você escolhe pra seguir não vai te levar no lugar onde quer chegar.

O problema, portanto, é quando você usa roupa não pra você gostar mas para que alguém diga que gostou.

Neste caso todo, foda-se o negócio de fazer alguma coisa pra atrair alguém ou etc, neste caso todo aqui, o que mais importa é que seja lembrando o quão importante é não esquecer de si próprio.
Nenhuma boca deve ser melhor que a sua. Você precisa se enxergar como alguém que gostaria que estivesse ao seu lado.

O teu cabelo fica mais bonito.
Você acaba pirando nas suas roupas – até naquelas velhas renovadas.
As sextas-feiras são motivos pra fazer alguma coisa gostosa.
Tudo te faz rir um pouco. Os filmes sempre te ajudam a pensar.
Que maravilha que vai ter show da banda x.
A segunda-feira é a primeira oportunidade da semana pra fazer a vida ser do caralho.
Você tem sonhos grandes, que requerem esforços grandes e que você aprende a canalizar a força pra realizar cada um deles na dedicação do seu trabalho.
Essas são algumas coisas que acontecem quando você se encontra antes de querer encontrar alguém.

tumblr cute sad alone true love waiting missing u wallpapers (9)

Gente, meu grande amigo, Eric Matern, que usei música dele de trilha textos atrás, é finalista de um festival da Samsung muito legal sobre novos talentos da nossa música. Vamos dar uma força pra ele pegando 34 segundos do seu dia e votando nele? Aqui: http://www.efestival.com.br/web2/votacao.php <3

Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook:http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois 

Anúncios

11 respostas em “Você acaba se perdendo ao procurar alguém

  1. Feliz é aquele que encontra a felicidade dentro de si ao invés de procurar em outro alguém. Ninguém é responsável em nós fazer feliz, mas sempre sera um prazer somar a felicidade. Uma pena que nem todos pensem assim.

  2. Cara, para de ser perfeito! hahaha
    Dessa vez eu já tava me acabando em lágrimas desde o fim do primeiro parágrafo. Ao mesmo tempo que eu me sinto idiota por estar exatamente como você descreve, fico muito feliz por saber que dá pra melhorar.
    E cara, eu vou nos shows das bandas também!!!! Como pode? HAHAHA
    Beeeijo

  3. Vez ou outra me pego no círculo da ansiedade, a coisa ruim disso tudo; é se dar conta de estar em relações rasas…
    É sempre muito bom ler seus textos, mesmo!

    Abraços : )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s