Não me leve a mal, me leve pra sua vida

Mas se não quiser tudo bem também.
É que eu gosto de deixar clara as minhas intenções.
No escuro eu quero me deixar com você, isso sim. Mas enfim.
A gente perde tanto tempo com entrelinhas.
Eu gosto mesmo é de ficar entre beijos.
Eu sei que posso te assustar ao dizer as coisas que sinto.
E que talvez você não esteja preparada para o que eu ouso sentir por você.
Mas se tem uma das minhas lições preferidas da vida até aqui é:
Falo todas as coisas que sinto, principalmente se forem boas, se forem por alguém.
Eu acho que você merecia ouvir que já fiz planos pra nós.
Não é louco pensar que outra pessoa pensa na gente?
E daí se você não gostar da ideia? E daí se me achar infantil e precipitado?
Eu não ligo para joguinhos, eu gostaria de pegar o telefone e ligar pra você todos os dias.
Quem sabe você sabendo do que sinto não te faça considerar nós dois?
Entenda que nos meus planos onde te incluí, não vou ver problema em te ver sair.
A vida me ensinou a gostar por ser gostoso de sentir e não por esperar somente um “sim”.
Pensei algumas vezes antes de vir te falar das vezes que visita meu pensamento por dia.
É louco, mas as coisas mais inesperadas me fazem lembrar do que pouco que te conheço.
É, pouco, independente do tempo que nos conhecemos, eu ainda não sei quem é você.
Mas do pouco que conheço do seu coração eu já gostei.
Por favor, eu não quero que sinta pena pelo que sinto se você não sentir o mesmo.
Nós somos pessoas livres e eu comemoro só o fato de poder saber que você existe.
Esse mundo é tão sortudo por ter a sua vida passeando por aí.
Pelas ruas, pelos shoppings, trânsito e no metrô.
Aliás, privilegiados são os que pegam metrô com você e ficam perto da sua vida.
Eu tenho uma leitura muito minha sobre você.
Talvez alguém já pode ter te dito coisas parecidas como essas minhas.
Mas quando a coisa é boa a gente pode ouvir mais vezes na vida, né?
Eu não quero te assustar nem quero que assine um contrato de permanência nos meus dias.
Eu só quero saiba das coisas que cansei de saber sozinho.
Na busca de alívio foi que pensei em te dividir o sentimento que carrego comigo.
Não me leve a mal, me leve para a sua vida.
Não sei amanhã, mas hoje eu me sinto pronto pra ser quem te faz bem.
Isso porque eu nem mencionei ser quem te faz feliz.
Ser quem faz alguém feliz dá impressão que não há mais nada de bom para se fazer.
Por isso eu falo sobre fazer bem. Eu posso te fazer bem hoje. Amanhã de manhã.
Na hora do seu almoço. Na volta cansativa pra casa. Na companhia da sua risada.
E ao te fazer bem um montão de vezes por dia, vou te fazer somar alegrias e resumir felicidade.
Aqui dentro de mim tem muita disposição pra te fazer sorrir.
E que frase mais clichê, não é mesmo?
Que seja eu então o clichê que te faz sorrir todos os dias.
Não sei o que as pessoas tem contra os clichês.
Me sinto preparado para ser o clichê pra você repetir: “Ei, eu gosto de como me faz bem!”.
Não me leve a mal, me leve pra sua vida.
Mas tudo bem se não quiser também.
A sua rejeição não vai endurecer meu coração.
Amanhã vou acordar pronto pra acumular sentimentos por alguém que não seja você.
A vida é fácil de ser vivida quando a gente enxerga de maneira mais construtiva do que destrutiva.
Só que ó, deixa eu te contar, eu vou gostar pra caramba se me deixar entrar na sua vida.
Vem cá, o que você vai fazer daqui 1 ano?
É que eu já queria reservar um lugar gostoso pra gente comemorar nosso primeiro ano.
Não me leve a mal, me leve pra sua vida.
Mas se não quiser tudo bem também.
Acho que já deu pra mostrar um pouquinho do muitão que eu gostaria de ser pra você.
Querer sozinho é solidão. Eu sei.
Por isso estou aqui dedicando parte do meu tempo pra te contar como venho me sentindo.
Vai que você me presenteia com um sorriso? O mesmo que o seu celular contempla quando sorri pra tela; o mesmo que o céu aproveita quando sorri sem querer espremendo os olhos ao olhar para o sol quente. O mesmo que cairia bem com outro sorriso de companhia durante as comédias da TV. O mesmo que me visita em pensamento várias vezes durante as 24 horas do meu dia.

tumblr_m1swo92Pt91rqistdo1_500

Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook: http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

A pessoa que você quer não existe

Você viveria uma história com você mesmo se pudesse?
“Ah, claro que sim! Eu sei de tudo que posso fazer de bom pra alguém, eu confio em mim”. É bonito dizer, mas como será que seria se isso fosse possível de acontecer?
No intervalo entre a sua fase mais livre e a sua vontade de unir escovas de dentes – nem que seja só nas noites de sábado – é que você enxerga tudo que te falta. E para muitas dessas coisas que te faltam, existe alguém que possa te completar.
Sabe, esqueça essa história de alma gêmea. A pessoa que você quer não existe.
Isso é algo criado por nós mesmos ao longo dos anos para te fazer acreditar que existe alguém igual a você te esperando pra ser feliz; uma espécie de motivação cega que sugere que a pessoa que nos fará feliz será exatamente aquela que mais se parecer com a gente, sendo que nós mesmos muitas vezes somos culpados por parte da nossa infelicidade. A “cara-metade” é algo surreal demais para acreditar. Até que ponto seria bom viver uma história com alguém igual à você?
É preciso, no entanto, separar igualdade com afinidade.
Igualdade é esperar que a pessoa reaja de um jeito que você reagiria, portanto, igual à você. Afinidade, por sua vez, é se surpreender com a reação da pessoa e em como te fez bem de um jeito que você não esperava, um jeito dela.

Somos pessoas diferentes buscando sentimentos iguais.
Mas talvez seja mais justo buscar sentimentos complementares.
Fica com seu amor e deixa alguém te dar o carinho que você não sabe dar. E vice-versa.

Nada se constrói sem demolição.

Não há problema em você viver uma história com alguém que não concorda com você em todas as suas coisas. É exatamente no segundo da discordância que, se tiver paciência, você vai aprender mais. É exatamente no segundo que alguém te diz “não vejo dessa forma” que você tem uma nova lição diante dos olhos.  E como é bom aprender.

Se fosse pra ter alguém igual a você, você mesmo se bastaria.
Mas você se suportaria?
Você sabe das suas qualidades, mas faz ideia de como é difícil lidar com seus defeitos?

A pessoa que você quer não existe, mas existe a pessoa que você precisa.
Nesse sentido, é necessário abrir mão de caprichos e formas de interpretar para o seu próprio bem. Então, talvez ela não seja tão bonita para os seus amigos falaram “nossa, que gata hein?” ou talvez ele não seja tão bonito para suas amigas comentarem “Lindo casal, amiga!”, mas em contrapartida, talvez ela seja a única pessoa que vai te dar o carinho que você sempre quis, e ele, talvez seja o único a ter paciência com você em momentos que nem você mesmo se aguenta. Essa é a pessoa que você precisa, essa é a pessoa que existe.

“Ah, a gente nunca briga, somos muitos felizes”. Até que ponto isso significa algo realmente bom? Ostentar uma história é um dos piores defeitos das pessoas. Esse negócio de dizer que sua história é perfeita só mostra como ela é frágil. É na primeira pisada de pé que podem surgir coisas de tempos que você nem lembra mais. Obviamente, não se trata de fomentar uma história repleta de discussões visando a construção de um “relacionamento sólido”, não é por aí, mas sim pra considerar o prazer que é ter alguém que te agrega em algo na vida, alguém que sugira virar à esquerda quando você está viciado em virar à direita.

Você nem sempre tem razão, mas dificilmente vai perceber isso sem que alguém te diga. E esse alguém é alguém que você pode confiar. É alguém que não se submeteu por qualquer sentimento para te agradar; é alguém que diz o que pensa por respeitar o que sente, pra te mostrar que também pensa.

A pessoa que você quer não existe.
Dificilmente vai viver uma história igual seu seriado preferido. Dificilmente essa pessoa vai se parecer como aquela que te visita nos sonhos, dificilmente viverão as férias dos filmes, mas por outro lado, entenda, essa pessoa vai ser real pra você. Até porque você também não é a melhor pessoa do mundo, por mais que saiba quão bem pode fazer para alguém.

A vantagem de viver uma história com alguém que você pensa não parecer tanto assim com você é que esse alguém pode te mostrar prazeres que nunca imaginou sentir. Esse alguém pode rir de um jeito novo que vai te fazer rir também. Esse alguém pode te mostrar como os filmes de terror até que não são terríveis assim, bem como os de amor não são tão de amorzinho assim. Esse alguém pode até não ter dinheiro para se divertir com você, mas pode te fazer morrer de vontade de fazer xixi na roupa ao te atacar com um travesseiro na cama.

Felicidade não tem custo, tem valor.

O tempo costura nossos sonhos dentro do calendário.
É com o passar dos dias, um a um, minuto a minuto, “tudo bem?”, “tudo e você?”, que os seus sonhos vão se encaixando na novidade que é ter alguém na sua vida de um jeito que você não imaginaria.

A pessoa que você quer não existe.
Você pode até viver histórias com pessoas que te preenchem muitos dos prazeres que sempre gostou, mas isso não assegura nada. De uma hora para outra, esse alguém pode encontrar alguém para dedicar o mesmo.
Acorde desse sonho em vão de esperar que a vida te dê o que quer viver e esteja preparado para conhecer o que ela quer que viva.
Esteja preparado para uma pessoa entrar na sua vida e não para você colocar alguém dentro dela.

tumblr_luv6ejuLr11r4h0d7o1_400_large.Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook: http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

Faça alguma coisa agora

Talvez não necessariamente por alguém, muito menos por você, mas por saber que isso que sente é uma coisa boa, sabe?
Conta pra alguém ainda hoje o quanto esse alguém é importante na sua vida.
“Oi fulano, tudo bem? Sabe, eu estou aqui pra te falar que você é uma pessoa que eu gosto muito e que me sinto feliz em ter sua presença na minha vida”. Não conheço curso superior que ensine a falar uma coisa dessas.

As palavras mais bonitas do mundo estão no livro que mais te ensina lições: seu coração.

Poucas coisas são tão boas como ser responsável pela felicidade de uma pessoa.
Eu sei que você gostaria que alguém te dissesse algo do tipo também, mas sem essas de esperar algo em troca, faça alguma coisa agora pra colocar pra fora essa coisa boa que guarda dentro de você; para retribuir essa coisa boa que já fizeram por você.

Nós sempre temos alguém pra agradecer, só não precisamos ter hora.

E melhor que um motivo pra comemorar é fazer das comemorações os motivos. Ou seja, pra quê esperar um dia especial pra falar o quanto alguém é especial se você pode fazer disso uma surpresa e falar agora? Pra quê esperar uma data pra celebrar se você pode celebrar um dia e torná-lo uma data?
Se a fase da vida não está boa a ponto de sair por distribuindo agradecimentos, pense na sua importância nesse mundo.  O seu papel aqui não é só de ser mais um pra dividir oxigênio, você pode fazer com que a vida de outra pessoa seja melhor. E muitas vezes, só uma palavrinha já basta pra isso. Só uma linha no chat. Poucas letras no WhatsApp. Alguns minutos no telefone. Alguma coisa, faça alguma coisa e faça agora.
“Ah, mas eu não sou bom com palavras, vai ser estranho falar assim do nada” – mas ora, não é bom com palavras mas sabe exatamente quais são as coisas boas pra se ouvir, né? É isso. Fazer bem pra alguém não é inventar maneiras de demonstrar, é fazer pelo outro o que gostaria que fizessem com você.

Tantas pessoas vem e vão da nossa vida e, por isso, é tão valioso que saibamos reconhecer quem ainda está do nosso lado todos os dias. Sempre tem alguém que podemos contar. Nós nunca estamos sozinhos. Para as solitárias noites de sono inventaram os sonhos para nos acompanhar.

Faça alguma coisa agora, vai.
Melhora o dia de alguém ao demontrar que gosta, independente de quem.
Pode ser a pessoa que está conhecendo, pode ser a pessoa que já conheceu, pode ser a boca que beija, pode ser a boca que te diz coisas importantes, pode ser o corpo que transa, pode ser a voz que te dá bronca, pode ser quem você suspira ao ver fotos, pode ser quem ri com você ao tirar fotos, pode ser qualquer pessoa, você sabe quem merece a melhor parte de você e justamente por isso que seria bonito você mostrar pra essa pessoa o quanto a vida dela melhora a sua.

Não é pra falar de amor ou pra lembrar de fases do tipo: “obrigado por me ajudar a conhecer fulano”, “obrigado por me fazer a sair da fossa”. A gratidão é pela presença e não pela atitude. O raciocínio não é só de brindar como te ajudaram, mas sim o privilégio de ter alguém pra te ajudar. Tem gente que ajuda mais a gente sem falar nada do que quem tenta descobrir o que fazer para nos ajudar.

Olha seu celular e presta atenção na sua lista de contatos. Cada uma das pessoas ali dedicou parte da vida para dar atenção à sua. Parte; 1 minuto que seja. Entendo que teve gente que hoje você gostaria de nem ter conhecido, mas por um segundo no passado foi só com essa pessoa que você conversou. O ponto aqui é: entre todas as pessoas que participam do seu dia seja grato pelas que mais te fazem bem.

A vida não é feita só de alegrias mas a gente não precisa lembrar das coisas ruins todos os dias.

Faça alguma coisa agora.
Imagina o sorriso que alguém poderá dar ao ver uma mensagem surpresa sua? Se não agora, mais tarde. Se não hoje, amanhã ao acordar. Imagina que incrível ser responsável pelo sorriso de alguém que te faz bem?

Faça alguma coisa agora.
Nós precisamos fazer com que as pessoas que gostamos saibam disso. As pessoas precisam saber o bem que fazem na vida umas das outras. Talvez se soubéssemos mais esse mundo hoje seria um pouco diferente. Talvez se mais do que criticar nós soubéssemos reconhecer, esse mundo seria diferente. Talvez se mais do que reclamar nós soubéssemos agradecer, esse mundo seria diferente. Talvez se você der um primeiro passo e fazer alguma coisa agora pra alguém que você gosta saber o bem que te faz, esse mundo seja diferente um dia. Não é por você, nem por ninguém, é pelo que sente.

Todo mundo sabe julgar o erro mas poucos sabem reconhecer acertos.
Por isso que a ideia aqui não é esperar um motivo acontecer pra agradecer, é renovar os motivos que já existem como novos motivos para agradecer.

Se você cuidar da sua vida ela vai cuidar de você. Se você cuidar de quem você gosta, eles vão cuidar mais de você. E quer saber? Se caso eles não cuidem como você espera, também não tem problema, pois você é a única pessoa igual a você nesse mundo e as suas boas atitudes são motivos só seus para se orgulhar, pode ser que reconheçam, pode ser que não, mas nunca existirá motivo para você deixar de ser você.

Faça alguma coisa agora, mostra pra alguém o quanto você gosta.

tumblr_lt4efhh5br1qj62luo1_500_large
Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook: http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

 

O amor da sua vida está indo embora

E não é só ir embora pra encontrar outra boca pra beijar.
Pode estar indo embora não só da sua vida, como desse mundo.
O amor da sua vida pode morrer; deixar de ser vida nesse mundo com tão pouco amor em vida.
Apesar que né, você nem tem certeza se era amor mesmo.
Vai ver era só carinho. Vai ver era só alguém legal.
Só que está tão difícil encontrar alguém legal, imagina o amor da sua vida?
Vai ver esse seria o melhor amor da sua vida por um minuto; um mês.
Provalvelmente outras histórias renderiam mais lembranças, mas nunca uma igual.
Você pode estar abrindo mão quando na verdade poderia estar abrindo o coração.
E agora em silêncio lembra que o amor da sua vida pode estar indo embora.
Esse amor em questão é aquele que faz bem com o som da risada.
O amor da sua vida não está no seu passado, está na sua covardia pelo futuro.
Todo amor é o amor da nossa vida até que um novo amor seja o amor da nossa vida.
Felizes são os que amam muitas vezes.
“Eu acho que amor mesmo é só uma vez na vida” – talvez quando morrer você poderá chegar essa conclusão, do contrário, não existe amor que um novo amor não possa renovar. E quando falo em renovar é sobre o nosso próprio amor, sobre a vontade que nos volta de que sim: podemos amar de novo e de novo e de novo.
O amor da sua vida que pode estar indo embora pode nem ser aquele que sua família conheceu, mas é o amor que tentava te conhecer como nem a sua família conhece.
Pode nem ser o amor de voz fininha no diminutivo, amor pra chorar junto enrolados num edredom de domingo.
Pelo menos não ainda. A não ser que faça alguma coisa. Agora.
Uma das coisas que mais buscamos no mundo é alguém pra dizer que se ama.
Uma das coisas que menos fazemos nesse mundo é valorizar alguém que diz o quanto nos ama.
Mas olha lá, é o amor da sua vida ali indo embora.
Você não teve paciência pra conversar e se colocar no lugar. Então, resolvido ficou.
Você sabe o quanto é difícil conviver com você?
Chegou a perceber que esse amor que está indo embora ali tentou te ajudar?
Você consegue enxergar seus defeitos e as coisas em que poderia melhorar?
Se deu conta que sozinho você nunca vai conseguir sair do lugar?
Passou pela sua cabeça o fato de que por mais que se sinta a mais preparada das pessoas, há sempre alguém que possa te melhorar? E que esse alguém poderia ser esse amor da sua vida?
O amor da sua vida pode estar indo embora.
E o pior é saber que você não está fazendo nada pra isso.
O pior é te ver querendo alguém pra acompanhar sua risada com a TV.
O pior é te ver falando com as paredes por falta de companhia.
O pior é te ver postando coisas na internet para aparentar uma coisa que não vive.
Só que você está deixando o amor da sua vida ir embora.
Ainda não se tocou que ele pode nunca mais voltar?
Sério que quer entrar na estatística de mais uma pessoa que só sentirá falta quando perder?
Sério que prefere ter que valorizar depois de não ter mais? De não ter nunca mais?
O amor da sua vida pode estar indo embora. Você não gosta muito de dar chances, eu sei.
E com você o negócio é “preto no branco”, eu sei. E mais: ou você sente uma coisa forte de cara ou não faz questão de esperar mais dias, eu sei.
O problema é que isso é algo que só você sabe. O amor da sua vida não.
O amor da sua vida precisa te conhecer direito. Você precisa deixá-lo te conhecer.
A fase que é a mais gostosa de vivcer é a mais difícil de lidar. O momento em que se constrói algo juntos é tão frágil pra desabar.
Faça alguma coisa agora.
Presta atenção que o amor da sua vida pode estar indo embora.
A sua vida é o hoje, esta semana, este mês, este ano. Portanto, hoje, você está deixando o amor da sua vida ir embora. Amanhã pode aparecer outro, ou não, amanhã pode ser você quem estará indo embora. E o que você vai fazer no hoje? Esperar o amanhã?
Sabe, é tão difícil confiar em alguém. Tem segredos que a gente não precisa contar, mas tem outros que aparece alguém que nos dá vontade de compartilhar. E isso é bom. Uma vida derramada na outra é algo tão bonito de se viver quanto o sol do primeiro dia de primavera.
Tão mais felizes são aqueles que tentam.
Tão mais bonita é a tentativa do que a realização.
Faça alguma coisa agora.
Hoje, agora, lá se vai o amor da sua vida; sua vida, essa aí feita de “agoras”.
Mas se você achar tudo exagero demais, troque “amor da sua vida” por “alguém que seria quem se esforçaria pra te ver feliz de um jeito que ninguém nunca fez, nem que seja por um dia”.
Melhor assim? Bem, esse alguém está indo embora.
Talvez seja exagero mesmo chamar esse alguém de amor da sua vida.
Só que antes da gente ter alguém pra chamar de amor da nossa vida, a gente tem que ter alguém na nossa vida.
missyou,sad,leaving,comeback,couple,goodbye-ad2512450c0bc889adf515e621aef1dd_h

Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook: http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

 

 

Vamos marcar um dia pra eu entrar na sua vida?

Se você não gostar, eu saio.
Se gostar, eu fico.
Se eu ficar, eu moro.
Se eu morar, unidos.

Se eu não gostar, eu saio.
Se eu sair, te levo.
Se eu te levar, pra sempre.
Se pra sempre, sorrio.

Vamos marcar um dia pra eu te contar como eu vejo o mundo?
Sou especialista em achar as coisas, pois de base tenho algumas experiências e alguns filmes.
Mas vai que você pega gosto pelo jeito que eu vejo? E de carona pega gosto pelo jeito que te pego. Vai que.
Também quero saber como você vê as coisas.
Estou empolgado em imprimir suas palavras pra levar no bolso e me lembrar que o meu não é o único jeito de ver a vida.

Se der certo, eu vibro.
Se não der certo, eu guardo.
Se eu guardar, pra sempre.
Se pra sempre, unimos.
Vamos marcar um dia pra me contar de você?
Quando souber, me fala o dia, aí eu já reservo minutos da minha vida pra dar atenção à sua. Quem sabe se fará um ensaio do que lá na frente vamos rir e suspirar sobre a presença um do outro, ainda que em pensamento, em pelo menos 1 minuto das 24 horas do nossos dias.

Quero te ouvir.
Aí você vai poder falar sobre qualquer coisa. Me interessa saber o que você chama de coisa. Tipo, eu chamo de coisa o dia que o céu tá cheio de nuvem. Não é uma coisa linda? Mas uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa; minha coisa é minha coisa, sua coisa é outra coisa.

Vamos marcar um dia pra gente visitar o futuro?
Acho que ele ia gostar da nossa visita.
Até porque ele mora tão perto; o futuro mora logo ali no próximo segundo.
Proponho um plano pra esse momento: você chega contando um motivo pelo qual a gente coloca sorriso no rosto um do outro e eu chego com taças e alguma bebida pra celebrar o segundo. Pode ser? Tem que ser coisa rápida, pois um minuto vivendo no futuro é um minuto esquecendo do presente.

Vamos marcar um dia pra gente não marcar nada?
E se esse dia for agora? Acho que vou te ligar pra dizer como você me faz bem. As pessoas precisam saber o bem que fazem umas as outras. Eu gosto de contar quando alguém me faz um bem. Tem gente que diz que me apresso demais assim, mas tem hora certa pra gente receber notícia boa? Eu conto pra compartilhar, não pra contratar. Não é algo que assegure a presença desse alguém na minha vida: “Oh, agora que sabe o quanto me faz bem, trate de nunca mais sair dos meus dias!”, bobagem. Trata-se de uma maneira de reconhecer e inspirar quem já faz bem a fazer ainda mais. Se melhorar, melhora.

Vamos marcar um dia pra eu entrar na sua vida?
Prometo não reparar na bagunça.
Eu não sou diarista, mas posso te ajudar a limpar alguns dias.
Não dá pra garantir que eu consiga isso, porém, não vai ser por falta de tentativa.
E aí a gente pode marcar sorrisos na vida um do outro.
A gente pode marcar boas lembranças. Melhor marcação.
A gente pode marcar também mais chocolates na lista de compras.
Eu ia ficar feliz em te ver feliz por um momento que te marquei.
Então vamos marcar um dia pra eu entrar na sua vida?
Se você não gostar ou não for do jeito que gostaria, eu saio.
Se eu não gostar ou não for do jeito que eu eu gostaria, eu saio.
Mas antes de eu sair a gente poderia marcar um dia pra eu entrar na sua vida.

romantic cute couple in love sad alone wallpapers (1)

Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook:http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

Ouça o que um homem tem a dizer

Eu entendo que talvez você esteja com o saco cheio dos homens pelas suas experiências que não deram certo e pelas experiências de seus amigos, mas se aborrecer é uma das partes mais recorrentes da vida.
Sei também que tem homem canalha pra caramba por aí, mas nós sabemos que também tem muita mulher canalha, né? Dá pra começar falando pra gente não diferenciar homem da mulher e vice-versa, sem critério de melhor ou pior.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Você nunca vai ser obrigada a concordar, mas bem que você pode ouvir, nem que seja pra pelo menos poder ter a certeza de que não foi por falta de tentativa sua.
Sabe, talvez ele seja um tipo de homem que não sabe dizer direito o que sente, daí ele mete o pé pelas mãos e pode soar meio grosseiro, sei lá, mas ele pelo menos tenta e, penso que em algumas coisas, como as relações humanas por exemplo, o valor está nas tentativas e não nas realizações. Prefiro alguém que tentou me ligar do que alguém que me ligou pra falar bosta.

A tentativa já vale comemoração.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Você já tentou acreditar nas exceções? Já passou pela sua cabeça a ideia de que “já vi um filme assim” nem sempre faz sentido? Talvez a sua postura seja tão reativa que mesmo involuntariamente acaba não dando chance pra ele dizer alguma coisa. Talvez a sua impressão de “ih, já sei onde vai dar essa conversa” seja tão cega, que acaba nem cogitando a chance de ser surpreendida por uma coisa boa.
Nós sabemos que muitos deles fazem das intenções apenas as segundas, mas e todos os outros? Você só vai saber se ouvir o que eles tem a dizer.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Você percebe rapidinho se está falando de um homem ou de um moleque. Podemos até não saber o que queremos,mas o que não queremos nós sabemos bem. Então se o que te falarem for algo pra se descartar, que descarte ué. Tentamos procurar respostas de algumas coisas que são só coisas, e por isso, indecifráveis.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Talvez ele só queira te fazer sentir alguém diferente, mesmo não tendo dinheiro, mesmo não tendo carro, mesmo não tendo roupas bonitas, mesmo não te levando pra lugares diferentes, mesmo dando a entender que seria melhor rachar o cinema, mesmo de vocabulário pobre e confuso com as palavras que digita, mesmo não tendo tudo isso mas tendo um coração pra te dar. Nem que seja de pelúcia.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Um dos maiores prazeres de um homem é se sentir responsável por parte da felicidade de uma mulher. E por isso talvez ele não saiba lidar com o mundo de peculiaridades em que vivem. Ele nem sempre consegue identificar as fases que você está, por isso ele pergunta tanto e você se irrita ainda mais. Talvez seja o caso de ter um pouquinho mais de paciência. Pelo menos ele erra ao tentar acertar.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Presta atenção no jeito que ele te convida, pois igual a você, provavelmente ele deve ter discutido com os amigos sobre algum lugar bacana pra te levar. E quando for o dia, ele vai tentar colocar a roupa mais bonita e o melhor perfume, pois ele sabe: você estará linda de qualquer jeito e ele quer te dar uma boa impressão também. Presta atenção no jeito que ele pergunta sobre a sua vida e pense duas vezes se isso te parece perseguição ou preocupação.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Novamente, você não precisa se sentir na obrigação de concordar, mas deixa ele te mostrar o melhor dele, do jeito dele, por mais que não seja dos mais interessantes assim de cara pra você. Um exemplar dos homens reais realmente se esforça em se fazer interessante pra você, mesmo não sabendo o que significam suas fases, remédios, celulites, estrias ou qualquer coisa que só existe no mundo de vocês. E se ele souber disso também, ouça ainda mais o que ele tem a dizer.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Se quiser, provoque-o. Corte o caminho da conversa pra ver até onde ele pode se inovar pra te manter interessada em falar. Dê oportunidades para que ele possa te mostrar como é. Você pode até não acreditar em mais nenhum homem desse mundo, mas é nesse mesmo mundo que vive aquele que você vai acreditar um dia. Não tem jeito, não tem outra saída, não tem como pegar um avião pra SATURNO e conhecer os homens de lá. São esses aqui mesmo, com os defeitos e qualidades diferentes, às vezes iguais, de cada um deles. Um dia as energias vão sincronizar e vocês vão somar risadas. Mas deixa ele te contar como vê o mundo.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Mas ouça com o coração, não com preconceito. “Ih, conversinha fiada”, esse é o tipo de postura que já te afasta de qualquer coisa boa que qualquer homem possa fazer. O que é uma conversa boa pra você? Existe receita? Não, não existe. Existe a conversa boa para VOCÊS; aquela que encaixa nos assuntos dos DOIS; aquela que faz vocês DOIS se perderem nas horas.
Por mais difícil que seja acreditar, ouça o que um homem tem a dizer.
É injusto generalizar e colocar todos em um patamar igual: nenhum presta. O que é uma pessoa que presta? O que é um homem que presta? Você é alguém que presta? Todo mundo não erra igual nesse mundo? Então ninguém presta? Acredite nas exceções.  As histórias podem acontecer não exatamente do jeito que você gostaria, mas ainda assim, elas podem acontecer. E isso já é ótimo.

Ouça o que um homem tem a dizer.
Mas não idealize o que ele deve te dizer de acordo com o que você gostaria de ouvir. É preciso ouvir mais com o coração do que com a audição. Qualquer tipo de barreira sua sem que exista algum motivo concreto é só um problema a mais pra você resolver. E conversas resolvem. Converse com um homem. Se ele for um escroto, você vai perceber rápido, mas o ouça antes. Você pode não saber, mas muitas vezes ele tenta ser engraçado pra te ver feliz, pra se sentir – como já foi dito acima – responsável por 1 segundo da sua felicidade. E você não precisa rir se não quiser, não precisa sair se não quiser, nem precisa responder se não quiser, mas talvez você precise se lembrar que as mesmas coisas que faz com um homem aqui, outro poderá fazer com você amanhã. São só pessoas com vontades iguais mas, demonstradas, explicadas e conquistadas de jeitos diferentes.

Sabe, não perca a confiança nos homens.
No momento em que lê isso, em algum lugar do mundo está o pai dos seus filhos ou, que não pra tanto, está o próximo a te beijar, o próximo a te ajudar a colocar um novo sorriso no rosto. Não perca a confiança. Não generalize. Não os iguale. Não faça do seu passado uma arma contra o seu futuro.
Em nenhum momento aqui foi dito que você precisa fazer algum tipo de esforço além de só ouvir o que um homem tem a dizer.
Depois você decide se acredita, se beija, se responde a mensagem, se aceita o convite, se dorme junto, se fará qualquer coisa.

Ouça o que um homem tem a dizer, mulher.
bike

Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook:http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois

Ouça o que uma mulher tem a dizer

Sabe, ela não precisa tanto de você quanto imagina.
Ela sabe muito bem se virar se você resolver não ligar mais pra ela.
Ela vai chorar pra caramba sim, mas vai saber superar e se sentir bonita mais rápido que você.
Antes de você aparecer, ela já sorria.
Você precisa mais dela do que ela de você.
Hoje ela assume posições importantes não só na sua casa como forma de mãe, mas no mundo todo como forma de mulher.
Ouça o que uma mulher tem a dizer.
Você não precisa concordar com nada escrito aqui, mas só tente ouvir o que uma mulher tem a dizer.
Ela vê as coisas de um jeito diferente do seu. Ela consome a vida de um jeito diferente. As dificuldades e felicidades não são iguais as suas. Nem sempre ela tem razão, é bom deixar claro; essa vida não é uma disputa, mas você sempre vai acertar se escolher ouvir o que ela tem a dizer. Ela pode dizer a mesma coisa mil vezes, mas talvez se você souber ouvir o que ela tem a dizer ela precise só de uma vez.

Ouça o que uma mulher tem a dizer.
A música diz que quando a gente gosta é claro que a gente cuida, mas você sabe o refrão ou sabe o que fazer?

Poucas coisas na sua vida te dão mais prazer do que dar prazer pra uma mulher; do que saber que ela sente prazer por você. Você sabe que é uma felicidade do caralho saber que tem alguma mulher “pagando pau” pra você. Você se gaba e se orgulha para os amigos. Só que você é um coitado ao se exibir assim. Mal sabe você que esta mesma mulher de quem se orgulha e talvez comente como um troféu, pode estar neste mesmo momento vivendo outra experiência com outra pessoa enquanto você ainda fala dela. Mal sabe você que é mais fácil ela te esquecer do que você esquecê-la. E você sabe do que estou falando. A diferença é a pose de pessoa durona que assume, já ela, ela prefere assumir que está em ruínas, então ela posta uma música triste ou compartilha um texto para preencher o peito. Você até faz as mesmas coisas mas tenta ao máximo disfarçar, tenta ao máximo não demonstrar fraqueza, como se essa fraqueza te fizesse alguém pior.

Ouça o que uma mulher tem a dizer.
Ouça e perceba como é boa a sensação de ter a atenção de uma mulher. Perceba como sua postura muda quando fala com uma mulher.
O ponto todo aqui não é mostrar quão frágil é uma mulher e que por isso deve ser ouvida, mas sim, que você será mais inteligente e viverá mais feliz se souber ouvir o que uma mulher tem a dizer; que você só tem a ganhar do que perder.

Conte menos da sua vida e pergunte mais sobre a dela.
Demonstre que se preocupa. E nem precisa usar palavra bonita, só precisa usar o coração. Saiba demonstrar interesse se mostrando uma pessoa interessante. Não é necessariamente da sua palavra que ela precisa ou das suas ideias sobre o que fazer, mas talvez de cinco minutos das 24 horas do seu dia que possa dedicar exclusivamente pra ela.

É preciso falar quão bem você pode fazer pra uma mulher se souber elogiá-la quando sentir que deve?
“Ah, mas não sei o que dizer e nem como” – mas você sabe muito bem O QUE NÃO dizer e COMO NÃO DIZER, daí você vê como pode fazer.
E pensando bem, quer saber? Ela nem faz tanta questão assim dos seus elogios. Você vai ser a melhor pessoa e já vai fazer o maior bem se já souber respeitá-la.

Uma mulher não só te faz bem sendo a boca que você beija ou o corpo com quem transa – e se pensa só isso, você é idiota -, uma mulher é alguém diferente de você e que pode te ajudar de um jeito que talvez nenhum amigo seu consiga. Não é ela que precisa de você, é você que deve perceber todo o bem que ela pode te fazer, muito além do que você pode imaginar.

Ouça o que uma mulher tem a dizer.
Deixa ela te contar, do jeito dela, como foi o fim de semana.
Presta atenção nas vezes que ela toca o cabelo para te contar alguma coisa. Olha pro olho dela. Conte as vezes que ela sorri entre uma palavra e outra, nem que seja para zoar da sua cara no meio do assunto.

Ouça o que uma mulher tem a dizer.
Ouça todas, seja sua mãe, amigas, chefe, qualquer uma delas.
Você não precisa concordar com o que ela diz, mas você bem que poderia ouvir mais o que ela tem a dizer.

Ouça o que uma mulher tem a dizer.

Sabe, ela não precisa tanto de você quanto imagina.
A magia de ouvir o que uma mulher tem a dizer é que ela pode te transformar. O jeito que ela vê, pode te renovar; o tom que ela diz, pode te salvar.

Ouça o que uma mulher tem a dizer, Márcio Rodrigues. E todos os outros  homens.

o-TALKING-COUPLE-facebookps.: Gente, sábado agora, a minha banda Dinamite Club, vai tocar no Hangar 110 aqui em São Paulo, no show de comemoração de 20 anos de banda do HATEEN, que é a trilha sonora que usei no texto de hoje. Estão todos convidados! 
Evento e detalhes: https://www.facebook.com/events/740236909382662/?fref=ts

Márcio Rodrigues. – http://www.bit.ly/TUKoPd
Compre o livro “Um Travesseiro Para Dois”:  http://bit.ly/1wRjIvt
foto: tumblr.
instagram: @marciorodriguees
contato: mrs.contato@gmail.com
+ textos exclusivos na página do blog no Facebook:http://www.facebook.com/umtravesseiroparadois